Pesquisar este blog

18 dezembro 2012

Marcadores: , ,

Ainda assim não seria o fim

Compartilhar
Para dizer antes que o mundo acabe

Procura-se um amigo para o fim do mundo

Recorte do cartaz de Procura-se um amigo para o fim do mundo (2012)

É o clichê dos clichês: você não consegue esquecer um amor, eles dizem "vai passar" e você só consegue perguntar "quando?". Mas ninguém consegue te responder e "um dia" não mais satisfaz. Enquanto isso calendários maias e previsões apocalípticas são capazes de prever até o dia do fim do mundo, mas nunca o dia que vai chegar o tal do "vai passar".

E se dessa vez acertassem e o mundo de fato acabasse? A cada objeto que cair do céu eu vou imaginar uma estrela cadente e assim terei milhões de oportunidades de repetir três desejos, um para você voltar, outro para você ser feliz e o terceiro para que um dia, quem sabe, você voltar e você ser feliz possam ser a mesma coisa. Quando as pessoas começarem a gritar eu vou rir por pensar em como a gente acharia graça do desespero de todos e de como eu iria insistir que tudo ia dar certo, mesmo vendo que não daria. Caso a noite eterna chegasse e a escuridão cegasse eu ainda assim enxergaria, pois basta fechar os olhos e pensar em como o seu sorriso aumenta o meu sorriso e tudo se ilumina - nada irradia mais do que pensar em quem se ama. Se viesse o fogo e a tudo queimasse eu não me importaria, pois em mim há um escudo incombustível, eu sei que só se queima o que não é estável e não exige muita energia para ser rompido, e  tenho a certeza de que meu amor por você está entre os poucos que sobraram estáveis e não rompíveis. Mesmo que águas de todos os oceanos nos levassem eu sobreviveria, se eu nunca me afoguei nas tantas lágrimas por saudade, em nada mais me afogaria.

Quase perto do fim, se começar a ventar forte eu vou torcer para que vente ainda mais forte e assim o vento leve até você, seja onde você estiver, o meu amor e deixe com ele rastros por onde passar, pois serão rastros de esperança e de amor sincero e talvez consigam até trazer um pouco de amor a cada um que encontrar pelo caminho até você. E se começar a faltar ar eu vou pensar em cada abraço seu e em como pode ser a melhor coisa do mundo ficar sem ar, respirar e sobreviver sem respirar. E quando vier o último estrondo saiba que por mais forte que ele seja nada no mundo, nem mesmo o fim do mundo, pôde em algum momento ser mais forte do que o amor que eu senti por você.

E, no seu último suspiro, feche os olhos e se concentre para ouvir uma voz gritando em meio a todas, apenas ouça uma voz delicada e dedicada a você, serei eu dizendo que o mundo para mim foi sempre um lugar feliz por eu saber que você estava nele. E, em meu último suspiro, eu vou somente terminar de fazer as malas, pois eu sei que, para mim, seria apenas uma nova viagem tendo na bagagem o meu amor. Se eu sobrevivi à distância e à saudade eu posso sobreviver a tudo. Então, ainda será só um novo começo, um novo jeito de em algum lugar seguir te amando (e escrevendo).  E sobre esquecer eu não sei quando "vai passar", mas eu sei quando eu vou te esperar passar: para sempre - aqui neste mundo ou em qualquer outro. Pois amar é ter na mente eternamente você e, por isso, enquanto tiver você em mim, ainda que o mundo acabe, ainda assim, ainda assim não seria o fim.

7 dos desabafos - DESABAFE!:

  1. "Se eu sobrevivi à distância e à saudade eu posso sobreviver a tudo." Sobrevivemos sim e como. Lindo, ler me fez viajar pela minha vida até perceber que sobrevivi e estou tão vivo quanto antes.
    Abraços Ru!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz Hick,
      Obrigado! A gente sempre encontra um jeito de sobreviver, né? :) Abração!

      Excluir
    2. É, encontramos e se precisar novamente teremos outro e provando para nós mesmos que somos mais fortes que imaginamos.
      Abração!

      Excluir
  2. Nossa é lindo demais, adorei. Quero um dia q alguém me ame assim..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,
      Obrigado! E que você encontre quem te ame assim! :)

      Excluir
  3. Você consegue ir no fundo da nossa mente e dos nossos sentimentos e pôr em palavras tudo o que a gente sente e vive por amor! QUE BRUXARIA É ESSA??? hahahha!!! A-D-O-R-O!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Léia,
      Muito bom ler seu comentário! hahahaha Não é bruxaria, só amor! Beijo! Muito obrigado!

      Excluir

Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *