Pesquisar este blog

20 janeiro 2012

Marcadores: ,

O leitor só queria... (Maris, Eduardo e Naty)

Compartilhar
 Maris Sales (RJ)
Maris Sales

"Eu só queria... Não ter a incerteza do tempo que pode durar um 'amor eterno'.

O amor pra mim é... Querer e poder acordar junto, 'dar a alguém a minha própria solidão' (Milan Kundera).

Na vida eu aprendi... A valorizar cada gesto e aceitar o erros dos outros, muitas vezes podem nem ser erros, e sim um modo diferente de pensar.

Minha frase preferida é 'Superei o medo da distorção das palavras, fui sincero, muito cedo'.".

Maristeli Sales - auxiliar administrativo, nasceu e mora no Rio de Janeiro - conheceu o blog buscando no Google por textos sobre solidão.

Eduardo Rodriguez (PR)

Eduardo Rodriguez
"Eu só queria... entender o por que de algumas pessoas reprimirem o amor dentro de si, deixando de ser felizes para preservarem a imagem que a sociedade tem sobre elas.

O amor pra mim... é quando quem tem a visão passa a ser cego, quem ouve passa a ser surdo, e quem fala passa a ser mudo, o amor embeleza as coisas e as pessoas, é como se desse cor ao mundo preto e branco.

Na vida eu aprendi... que se você espera demais por uma pessoa, é porque de fato ela não merece você, nada adianta correr atrás dos sonhos utópicos e que nem nós mesmos conhecemos, o mais consciente seria criar metas de possível realização e correr atrás do sonho até que seja realizado...

Minha frase preferida é... 'passarinho que anda com morcego acorda de ponta cabeça' e 'me diga quem com andas e direis quem tu és'.".

Eduardo Rodiguez - estudante, nasceu e mora em Londrina no Paraná - conheceu o blog em meio a uma busca no Google.

Naty Reis (RS)
Naty Reis

"Eu só queria... Entender por que a ilusão é uma mentira tão doce, por que não podemos voar como pássaros e amar sem nos machucar. Eu só queria um dia da minha vida não se lembrar do passado, me entregar a este momento e me dar por inteira.

Amor pra mim é aquele abraço das pessoas que amo, é uma palavra de conforto da minha melhor amiga, é estar com minha família. Amor  pra mim é lembrar-se daqueles que se foram e sentir saudade. Amor é a saudade, amor é fogo, é capaz de nós fazer sofrer e chorar tanto, mas e daí?

Na vida eu aprendi que eu não preciso ser quem não sou, que realmente eu preciso viver, que nada nos pertence, que as coisas materiais não devem ser tão valorizadas. Aprendi que sofrer é uma condição para aqueles que escolhem amar. Mas isso não significa que não seremos felizes.

Minha frase preferida é: Dizem que a vida é desafio e, eu estou pronta para a diversão".

Natália Amador dos Reis- estudante, nasceu e mora em Taquara no Rio Grande do Sul -  na guia de busca imagens do Google.

Para participar, clique aqui ou envie e-mail para ruleandson@gmail.com e desabafe! Os leitores que já enviaram os textos terão seus desabafos publicados nos próximos meses, desabafe você também!

0 dos desabafos - DESABAFE!:

Postar um comentário

Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *