Tecle CTRL + D para adicionar aos Favoritos | Desabafos - Crônicas |. Revista  |. Frases - Tumblr  |. Você no blog |. Receba as crônicas por e-mail |. Sobre o blog e o autor | Fale conosco
Carregando...

Sempre nunca mais


Compartilhe no Orkut Share on Tumblr Compartilhe no Pinterest

Aqui, ali, em todo lugar

Filme Johnny & JuneRecorte do cartaz de Johnny & June (2006)

"Não existe nenhum disfarce que possa esconder o amor durante muito tempo onde ele existe, ou simulá-lo onde ele não existe"
(La Rochefoucauld)

Sempre te vejo, sempre te sinto, sempre te espero enquanto nunca mais te esqueço. Intervalo programado entre o sempre e o nunca mais se tornou o meu viver. Viver é sempre. Viver para sempre é nunca. Buscar ser feliz o dia todo é sempre. Todo dia feliz é nunca. A saudade é sempre. A presença é nunca mais. Previsíveis dias de saber o que não sei fazer. Certezas de sempre. As dúvidas que você me trazia no nunca mais. É o que sempre amei em você, sua capacidade de sempre me fazer duvidar das certezas que eu nunca mais teria. Sempre tudo tão certo com os outros, nunca mais a paixão com você. Sempre aqui, nunca mais ali e eu, no meio, ainda não sei viver de talvez. Por isso eu peço a você ou a quem quer que venha me dar a esperança de me calar a solidão: sempre nunca mais me esqueça, nunca mais me peça ou seja, um amor que eu não posso ter, um sentimento, um amigo que eu vou ter que escolher, entre o que eu sinto e o que eu posso viver. Só chegue sempre se nunca mais partir ou se partir que parta devagar para o tempo ter tempo de se acostumar. Ainda há amor e esse amor se repete e te pede. Sempre. Nunca. Mais.


Sobre o autor
Ruleandson%20do%20Carmo Ruleandson do Carmo , autor de todas as crônicas deste blog , é jornalista, doutorando em Ciência da Informação (UFMG) e ama falar de amor. Saiba mais
Facebook Twitter Orkut Google Plus Gmail
Desabafos - Comente
24 Desabafos - Comente

24 comentários :

  1. Mais uma vez vc e seus textos, mexendo la no fundo da minha essência, revirando e trazendo a tona memorias e sentimentos que eu julgava há mto enterrados e definidos...
    tenho sentido d+, e cada vez mais, um desejo tão grande da presença de alguem que não deveria mais fazer parte desses desejos, alhuém que ja deveria estar enterrado.. num passado distante... com anos de mudanças e amadurecimentos sobre esse sentimento....

    sad weekend??

    may be...

    Parabéns! Adoro seu blog!

    ResponderExcluir
  2. Camila Chaves,
    Esses sentimentos sempre voltam, de um jeito ou de outro... sempre (mesmo que busquemos o nunca mais). E quem dera serem motivados (apenas) por um fim de semana ruim...
    Obrigado e que bom que você gosta do blog! :D Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus, que texto maravilhoso, o jogo de palavras, os sentimentos, as intensidades! Amei mesmo, viu? Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Josi Puchalski,
    Muito obrigado, mocinha! Que bom que gostou. Temos que ser sempre intensos (e sinceros). ;) Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Esse me paralisou...
    exato e claramente lindo..
    Intenso e tensoo... :(
    Bjokss Ru
    Parabéns é claroooo

    ResponderExcluir
  6. Me encheeeeu os olhos d'água..
    A cor cinza q tomou conta esses dias do meu meu Vermelho amor.. está me botando pra baixo.

    Mas fico tãoo feliz qdo venho aqui e leio o SEU AMOR..
    É LINDO....

    ResponderExcluir
  7. Querido mais novo amigo,
    já assistiu "Roger Rabbit"? Jesuuuuuuuuusssss!!!rsrsrs Aquela parte em que a "musiquinha toca" e o coelho simplesmente "não consegue" se controlar???? É o que acontece quando a gente passa por aqui... Dá vontade de escrever apenas um "palavrão" daqueles, que descrevem exatamente o que passa na cabeça quando a gente lê o que vc escreve: "caraca (calma! mamãe deu educação, tá? rsrs), vc escreve bem demais!!!!" Grande beijo!!!

    ResponderExcluir
  8. ás vezes confuso, porém único!
    gosteeei. parabéns.
    e repito: haaaa se eu morasse em minas.
    aehuheauhe

    ResponderExcluir
  9. Juliana,
    Que bom que gostou, mocinha. Ah, as tensões de nossa intensidade... Ah, o amor! ;) Beijos!
    Obrigado!

    --
    Dani Oliveira,
    Palavras lindas as suas, mocinha. Um conforto saber que meu amor pode traze conforto, de algum modo! :P Beijos, fique bem e obrigado!

    --
    Simone Aline,
    (risos) Mocinha, pode falar todos os palavrões que desejar, DESABAFA! ;) Fico feliz por sua generosidade em ver minhas palavras desse modo. Obrigado! :D

    --
    Anônimo,
    Confuso e único? Só pode ser amor! :P
    Obrigado e, uai, pega avião e vem para cá, sô! (risos)

    ResponderExcluir
  10. Cá estou eu de novo!!! rsrsrrs
    Obrigada pelo "mocinha", adorei!
    Caramba, eu fui em N perfis seus (te contei isso no e-mail), e não prestei atenção num detalhe importante: tu é mineiro???????? Tá explicado...rsrsrs Ô povo mais cativante, mais romântico, mais amável, mais meigo, mais gentil, mais doce... adooooooooooro povo mineiro! Grande beijo!

    ResponderExcluir
  11. Ai ai ai parece até que sou escrevendo sobre o meu relacionamento atual.
    É sempre muito bom ler vc...
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Simone Aline,
    (risos) Sou sim mineiro! Que bom que gosta do nosso povo, uai! ;) Beijos! Obrigado!

    --
    Gislaine Fernandes,
    Obrigado por gostar de me ler! :D

    ResponderExcluir
  13. iaiai... como dói...ás vezes qundo tow bem...vem sempre pertubar a minha vida.Vem com aquela velha história de querer saber como eu tow...aew pronto,só basta isso pra eu me recordar,pra ficar doendo dentro de mim;eu QUERIA UM NUNCA,MAS UM NUNCA MAIS PARA ELE,PARA ESSE SENTIMENTO Q AINDA EXISTE.UM NUNCA PARA ESSA HISTÓRIA!
    :-x

    ResponderExcluir
  14. Marcela,
    Acho que nunca mais talvez nunca tenhamos, em relação ao sentimento. Mas devemos nos esforçar. Talvez a frase dessa filósofa te ajude: "Se o amor nos incita a buscar a companhia do amado, podemos impedir as nossas pernas de se dirigirem a ele. Contudo, a aniquilação do sentimento do amor não depende da nossa vontade" (Maria de Lourdes Borges)

    ResponderExcluir
  15. "Ainda há amor e esse amor se repete e te pede. Sempre. Nunca. Mais".
    Lindo texto Rú. Como sempre são palavras que expressam meus sentimentos. Voce é d+.

    ResponderExcluir
  16. Otimo texto, parece muito com o que sempre vivo.

    A gente sempre pensa que chegou o fim, mas é um fim que nunca chegou na verdade. E por mais que você tente evitar, você nao procura, nao vê, não liga, ai o outro lado parece que sente, sente que você esta bem, esta seguindo sua vida e esse outro lado as vezes te procura do nada, num intervalo que não é tão recente e outro que ela sabe que se mecher ainda tem a certeza que ficou algo mal resolvido e vai muito mecher com você. Parece que sempre vai ficar essa duvida no ar, parece que quer, mas nao agora, tambem não quer e quer que ninguem queira. Você ali, preso, a espera de alguem que nunca chega.

    ResponderExcluir
  17. Sú...,
    Obrigado, linda! :P Como sempre, demais é o seu carinho com o blog e com minhas palavras! Beijos e obrigado (sempre e mais)!

    --
    Luciano Mota,
    Parece que nos deixam em um banquinho à espera de um trem que já partiu e não regressará, nunca mais...
    Fico feliz que tenha gostado do texto e que consigamos superar, sempre! :D

    ResponderExcluir
  18. Verdade Ru.'!
    esta mais que certo"!

    ResponderExcluir
  19. "É o que sempre amei em você, sua capacidade de sempre me fazer duvidar das certezas que eu nunca mais teria."


    Sem mais.

    Parabéns Ru, sério. Esse texto me tocou tanto. Todo esse jogo de palavras, de sentimentos... UAL. Se cuide.

    ResponderExcluir
  20. Hemilly Mares,
    Muito obrigado, mocinha! Vou sim me cuidar (sempre e mais)! ;) Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Nossa, sentimentos confusos e opostos que caminham de mãos dadas comigo =/
    Não to bem viu, depois eu deixo um comentario mais digno, quando tiver um pouco perto do melhor :s
    Beijos
    Mandy

    ResponderExcluir
  22. Mandy,
    Fico na torcida para que você fique bem muito em breve, mocinha! Esforce-se para isso, viu?! SEMPRE! Beijos! :D

    ResponderExcluir
  23. nossa vc descreve o amor como ninguém garoto...parabéns sou sua fã aqui em brasília

    ResponderExcluir

Emoticons desabafos Digite os caracteres ao lado das imagens e adicione emoticons ao seu desabafo!
Formatação desabafos Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Blog Widget by LinkWithin