Tecle CTRL + D para adicionar aos Favoritos | Desabafos - Crônicas |. Revista  |. Frases - Tumblr  |. Você no blog |. Receba as crônicas por e-mail |. Sobre o blog e o autor | Fale conosco
Carregando...

Amor bipolar


Compartilhe no Orkut Share on Tumblr Compartilhe no Pinterest

Loucuras de amor? Sim! Amor louco? Não!

Filme Idas e vindas do amorRecorte do cartaz de Idas e vindas do amor (2010)

AVISO: O texto abaixo é uma crônica literária e NÃO fala acerca do transtorno bipolar! A metáfora "amor bipolar" é utilizada em referência a pessoas que nas relações afetivo-sexuais oscilam entre dois polos: polo 1) amo, polo 2) não amo. O texto utiliza, portanto, a palavra bipolar apenas enquanto adjetivo masculino e feminino, originário da Física, para caracterizar o que tem dois pólos, no caso, dois polos amorosos, novamente e reiterando, SEM QUALQUER LIGAÇÃO OU ALUSÃO ao transtorno bipolar.

"Vou te tirar da minha vida". Cinco minutos depois uma musiquinha qualquer avisa que há uma nova mensagem no celular: "você é muito especial, não quero que termine assim". De tarde um almoço agradável se encerra com um "obrigado por me devolver a calma". De noite, algumas horas depois, a calma é tanta que você é ignorado em todos os meios de comunicação virtuais e não virtuais existentes. Em um dia você ganha um presente fofo, no dia seguinte você sequer ganha a resposta a um "bom dia". Em um mês você recebe um convite, algumas horas depois um bolo (não do comestível, que desce pela garganta e sacia a fome, mas do que te engasga pelo desprezo e te deixa com um vazio, no peito, não no estômago). Durante os sete meses seguintes você é esquecido, até que um belo dia você é lembrado e volta a ser especial, importante e querido. Te põe aqui, te põe lá, em um amor bipolar do qual você não pode reclamar, sob a pena de ser você o que não ama tanto assim. Desculpa, mas um dia tudo cansa (e quem for bipolar de fato tem que se tratar)! Amor já exige naturalmente tanto, se ainda trouxer pranto e a cabeça doendo tanto, por pensar e tentar entender o outro, o caminho será um só: o fim (simples assim). Por que em um dia você vale horas agradáveis e no outro não há espaço para você em uma agenda vazia? Por que em um dia você é confiável para favores e desejável em uma lista de prováveis amores e no outro dia você merece um "o que que é que você tá me ligando?". Por que alguém que você ama muda se você não muda? Dois em um não presta nem em shampoo, vai prestar logo no amor? Pensa comigo, consigo e com quem for: você precisa disso? Você está feliz? Esse amor bipolar se importa com você? Agora agrupa esses três "não" e, na próxima vez que o seu amor bipolar te procurar, grita, mas grita bem alto porque você merece gritar: NÃO, NÃO E NÃO! Então, é isso aí, se puder se acostuma, ando me contentando com pouco, trocando um por vários três. É que um bom ponto final tem me saciado muito mais do que um milhão de reticências. Ter dúvidas no amor é tolerável, se relacionar com uma dúvida é enlouquecedor. Lute por um louco a menos no mundo e diga "adeus". Para gente de lua seja eclipse, DE-SA-PA-RE-ÇA!

AVISO: O texto acima é uma crônica literária e NÃO fala acerca do transtorno bipolar! A metáfora "amor bipolar" é utilizada em referência a pessoas que nas relações afetivo-sexuais oscilam entre dois polos: polo 1) amo, polo 2) não amo. O texto utiliza, portanto, a palavra bipolar apenas enquanto adjetivo masculino e feminino, originário da Física, para caracterizar o que tem dois pólos, no caso, dois polos amorosos, novamente e reiterando, SEM QUALQUER LIGAÇÃO OU ALUSÃO ao transtorno bipolar.


Sobre o autor
Ruleandson%20do%20Carmo Ruleandson do Carmo , autor de todas as crônicas deste blog , é jornalista, doutorando em Ciência da Informação (UFMG) e ama falar de amor. Saiba mais
Facebook Twitter Orkut Google Plus Gmail
Desabafos - Comente
98 Desabafos - Comente

98 comentários :

  1. que desapareçam todos os bipolares cafajestes do mundo....kkk

    Querido, q delícia, q jeito de dizer "se toca", além de sutil e motivador.

    Amo tudo que escreve!

    grande bjo

    P.S. mto tempo sem comentar e hj o privilégio de ser a primeira, rs

    ResponderExcluir
  2. Cris,
    Por favor, desapareçam TODOS! ;) (risos)
    Muito obrigado por ter gostado da crônica e por ler sempre o blog. Senti falta dos seus desabafos (não some) e a honra é toda minha de poder contar com seu comentário e apoio. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oie Rui, nossa,foi o melhor tema q ja vi .vc conseguiu abordar de forma bem gostosa, esses amores malucos, q nos deparamos o tempo todo, variando de declaraçoes romanticas a gelo total.Amei a forma tranquila, como vc trabalhou o bota fora..um bj enorme em seu coraçao, seus textos sao perfeitos e reais.

    ResponderExcluir
  4. Meire,
    Não há coração que sobreviva à alternância entre o calor intenso e o gelo total oferecidos pelos amores bipolares não é mesmo? (risos) Obrigado pela generosidade com minhas palavras! Beijos! :P

    ResponderExcluir
  5. Rssss, vc é genial :D

    ResponderExcluir
  6. Ru que TEXTO EXTRAORDINÁRIO..
    Estou com a boca abeeerta por tamanha perfeição na descrição desse AMOR BIPOLAR, acredito até eu.. já vivido pelo menos 1 vez por todos.
    Mais uma VEZ parabéns!

    Tenho tanto orgulho de poder conhecer o universo de suas PALAVRAS!
    Encantador....

    Bjooo

    ResponderExcluir
  7. Aline,
    Você que é generosa! ;) Beijos!

    --
    Dani Oliveira Frata,
    Acho que todos nós já tivemos, infelizmente, até mais de um amor bipolar e é difícil demais da conta! (risos) :D

    Obrigado por ter gostado da crônica e por ler meus textos!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Porquê nós, tão poderosos (lindos, inteligentes e simpáticos) ainda nos metemos numa fria dessas? Freu explica...:P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho quase certeza de que vivo um amor assim bjs.

      Excluir
    2. Não consigo terminar com ele mais. Sei que é bipolar mais ele não admite isso ,não admite que é doença o que ele tem. bjks.

      Excluir
  9. Desculpe: FREUD!!! rssss

    ResponderExcluir
  10. Aline,
    Bom, mocinha, eu não me sinto poderoso, nem lindo, nem inteligente e nem simpático... Mas nos envolvemos por gostar do outro, mas só gostar não basta! ;) Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Otimo texto, tudo a ver com o ultimo relaciomento que tive que afundou, um namoro de 2 anos com uma bipolar.
    Parabens, otimo texto, sempre estou lendo.

    ResponderExcluir
  12. Luciano Mota,
    Muito obrigado por acompanhar os textos do blog! Se for "bipolar" de indecisão tem que mudar e se for por doença tem que se tratar! Eu falo dos bipolares de indecisão...
    Abração!

    ResponderExcluir
  13. Marcela disse...
    Simplesmente perfeito!Na hora em que mais o meu eu saciava de auto-motivação...é verdade,sempre temos aqueles amores bipolares...(AMORES DE FASES)Q muitas das vezs axamos que é sempre o destino que quer nos unir,mas não pensamos que eles só querem aquele momnto para alimentar a nossa ilusão;.Temos que acabar com isso.Por um fim aonde nunca existiu o começo realmente.

    ResponderExcluir
  14. Como faço pra conseguir esse eclipse e desaparecer a ponto de um bipolar ñ me encontrar mais? Vou mandá-lo pra lua!!!!
    Adorei seu texto. Bjao.

    ResponderExcluir
  15. Marcela,
    Temos que tomar cuidado para não nos tornamos massageadores do ego alheio com o nosso amor. Devemos ficar atentos! :D Obrigado e beijos!

    --
    Sú...,
    Desaparecendo, oras! ;) Beijos, obrigado e não suma do blog mais não!

    ResponderExcluir
  16. A gente deve tomar cuidado pra não entrar na viagem de "destino que nos uniu" ou coisa parecida...:P

    ResponderExcluir
  17. Anônimo,
    Sim, até porque o destino une, permanecer unido não é tarefa dele! ;)

    ResponderExcluir
  18. Nooossa,amei o que tu escreveu...só quem já teve um amor bipolar para entender...e o melhor tratamento é o ponto final;geralmente age igual a propria medicação para trantorno bipolar,demora alguns dias para fazer efeito,mas depois que fica no nível certo no sangue nos damos conta que o melhor medicamento é o ponto final.Bj tudo de bom!

    ResponderExcluir
  19. Falou tudo parceiro... eu tinha uma namorada bipolar e era bem assim msm sem tirar nem por nenhuma virgula... parabéns

    ResponderExcluir
  20. pra quem esta do outro lado é foda
    pra quem é bipolar é pior
    nao queremos ser assim

    nos relacionamos ...e o fato é que o fim é certo
    e vcs serao muito cativados por nos no inicio
    depois começara toda essa turbulencia que foi citada no texto

    e dai sempre vem o fim
    quem nao é bipolar vai sofrer mais durante a relacao do que com o termino
    tb ira sofrer com o termino
    e na proxima nao vai querer saber de outro bipolar


    mas e nos q somos bipolares
    qts relacionamentos ja passamos
    na minha vida por exemplo ... de namoro fixo ... com direito a conhecer familia e tudo mais ... acho q ja foram uns 10

    todos terminam
    a maioria eu nao queria que tivesse o fim
    ser bipolar é uma merda
    vc sofre constantemente


    pqp....odeio bipolaridade
    mas nao escolhi
    fazer o que né

    ResponderExcluir
  21. Eu sou uma bipolar em decisão rsrs muito bom encontrar um texto q defina bem esse momento..Adoreiiiiii :(

    ResponderExcluir
  22. Flavia,
    Para amores indecisos ponto final na veia! :D

    --
    Hugo Santos,
    Obrigado! Esses bipolares em decisão são demais para o coração! :(

    --
    Anônimo,
    Deve ser mesmo triste ser bipolar em indecisão, mas a bipolaridade a doença tem tratamento, não falei dela não, ok? Falo em um modo metafórico! :D Espero que tenha entendido. Beijos!

    --
    Anônimo,
    Muda então, mocinha! ;) (risos) Beijos!

    ResponderExcluir
  23. O texto é bom, "romântico" etc... Mas não nos esqueçamos que Transtorno Bipolar do Humor é uma doença crônica, grave, complexa e sem cura. Onde pacientes precisam de tratamento para o resto de suas vidas, e, se possível de um "empurrãzinho" para que se deem conta dessa necessidade. Simplesmente "fugir' da situação e/ou ignorá-la é o mesmo que agir com "preconceito" e irresponsabilidade. Faço um trabalho contrário a correntes de que "bipolar" seja marginalizado. Não isento todos os prejuízos que um relacionamento entre bipolares e não bipolares possuem (como o texto ilustra num tom de bom gosto até), mas, temos que nos unir em "equacionar" o problema, e, não simplesmente no reduzir a "julgar" atitude x y z como certa ou errada... Alias, o ser humano é um sujeito complexo demais... erra muito (com ou sem doença) e tratando-se de relacionamentos ainda mais... Fiz questão de vir aqui, apenas, para deixar claro, àqueles que estão em relacionamentos conturbados com bipolares, que existem tratamentos eficazes para a doença, e, a tempo de dizer, que existem maneiras de reconstruir o que ventura foi destruído no relacionamento. Dizer, que as pessoas com transtorno bipolar do humor, não são de "Lua" simplesmente (reduzindo e estigmatizando a problemática). Estamos a falar de uma doença que mata metade dos seus pacientes! E aproveitar e convidar a todos os cidadãos brasileiros que queiram participar com SOLUÇÃO e não COM FUGA, nessa causa a conhecerem o trabalho que desenvolvo nesse sentido (bipolarbrasil) um blog que você pode participar inclusive de uma campanha que iniciamos dia 1 de maio de 2010. Enfim... não sei se esse comentário será colocado ao ar, mas de qualquer forma, esse é meu dever enquanto cidadão! Abs e boa sorte no amor, a todos amiguinhos deste espaço, bacana! Will

    ResponderExcluir
  24. BipolarBrasil,
    Como deixei claro, na crônica romântica e nos desabafos não falo da doença! ;) Abraço!

    ResponderExcluir
  25. Ru, esse texto foi escrito pra mim. Antes de lê-lo estava refletindo sobre o meu relacionamento e tinha escrito um texto sobre a bipolaridade de sentimentos, dai entrei aqui e me deparei com esse tema, para a minha surpresa. Amar uma pessoa bipolar te prende de uma forma de diferente. Ela pode ser um amor, ai você se apaixona por ela, passa um tempo e pah, ela muda de personalidade, atitudes e sentimentos, dai você toda raiva. Você nunca sabe quem ela realmente é, e com isso se torna praticamente impossível controlar o equilíbrio entre a raiva e o amor. Pessoas bipolares, sentimentos bipolares.

    ResponderExcluir
  26. Danny Rios,
    É mesmo difícil lidar com a indecisão de sentimentos e com a mudança repentina de atitudes. Fico feliz que tenha gostado do que escrevi! Beijos! :D

    ResponderExcluir
  27. Sim sim, Ruleandson do Carmo (RU)!

    Mas ela é bipolar nos dois sentidos. Hehehe.. parece engraçado mas é bem triste, afinal eu acabei diagnosticando brincando com ela e quando procurou um especialista no assunto veio a confirmação. Mas td bem, ela sempre foi teve incerteza em td que fez e principalmente no humor. Eu sempre tive certeza que queria ficar com ela, ela nunca teve sobre nós...

    ResponderExcluir
  28. Nessas horas que eu paro e penso "droga,como eu queria ter um controle remoto de mim mesma".

    AH ru, to meio sumida aqui, sem tempo pra tudo. Mas enfim, parabéns Ru *-*

    "Desculpa, mas um dia tudo cansa."

    É, parece que estou cansada a algum tempo...

    ResponderExcluir
  29. Sou igual ao anônimo... ambos os lados sofrem, e eu, que sou a bipolar da história nunca sei se vou amar de verdade... pra vocês é só cair fora e amar de novo, mas a gente sabe que o ciclo vai acontecer novamente sem que nós tenhamos controle. o que eu decidi? não amar. nunca mais.

    ResponderExcluir
  30. Verdade...
    ÁS VEZES QUNDO NÃO ESTOU MT BEM SEMPRE VEJO OS TEXTOS...
    QUEM NUNCA UM DIA PASSOU POR ISSO Q ATIRE A PRIMEIRA PEDRA?E SE NAUM PASSRM AINDA IRÃO PASSAR;
    SUAS PALVRAS SÃO NO MOMNTOS EXATO Q MAIS NECESSITAMOS E QUNDO MAIS SE DÓI AQUI.

    ResponderExcluir
  31. Tive a impressão de que você é o meu melhor amigo me dando sermão pra esquecer aquele amor bipolar que acaba toda vez me fazendo sofrer.
    ... E como sempre todas as crônicas no momento certo! ;]
    Beijão

    ResponderExcluir
  32. Ru, querido!!!

    Novamente usei um texto seu para "desabafar" no meu blog, espero que não se importe, citei a fonte, obviamente!!!

    Ah! Adorei a sua foto nova do perfil! Tá lindo!!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  33. Adoreeei! É o tipo de texto certo na horaa certa! Sempre genial, Ru! ^^

    ResponderExcluir
  34. Cara, muito 10!!
    Namorei com uma garota bipolar e justo no seu aniversário ela brigou comigo de manhã, surtou a tarde com a manhã e quis fazer as pazes a noite....pode acreditar...fui e não olhei para trás!!

    ResponderExcluir
  35. Nossa seu texto diz tudo do que estou vivendo...esse esquece/ lembra acaba com qualquer um, mas uma amiga me disse que só acontece até o dia que nós deixamos, o problema é deixarmos!
    beijos
    :-x

    ResponderExcluir
  36. Luciano Mota,
    É muito triste mesmo, moço e eu fico até em dúvida de quem amei também não é bipolar de fato... vai saber! :( Espero que sua ex esteja bem e você também! Abraço!

    --
    - Hemilly Mares,,
    Senti mesmo sua ausência, mas você sempre se faz presente! Obrigado!

    Realmente, tudo cansa um dia, tudo... Mas a gente descansa nos intervalos! ;) Beijos!

    --
    Anônimo,
    Não é preciso, eu falo de pessoas inconstantes, mas se você é bipolar de fato, procure ajuda médica! :D

    --
    Marcela,
    Fico feliz que você perceba conforto nas palavras aqui do blog. Fique bem e obrigado por me ler! :P

    --
    Mary dos Anjos,
    (risos) Pode contar sim com minha amizade virtual e que bom que as crônicas chegam quando você precisa! :D

    --
    Entre o Real e o Virtual,
    Obrigado por citar meu texto e por ter gostado da foto, mocinha! Beijos!

    --
    * Guï *,
    Generosidade sua, obrigado! :)

    --
    Anônimo,
    Difícil, mas se ela é bipolar, a doença, não a abandone, incentive-a a procurar ajuda. ;)

    --
    Gislaine Fernandes,
    Com certeza é só se permitirmos que continua... Beijos! :D

    ResponderExcluir
  37. Oi Querido..
    sempre sincero...
    nao me lembro de ter vivido isso mas minhas amigas ja viveram...e eu me irritava demais cm isso..se tornam ceas e bobas..mas fazer o q nehh
    Adorei o texo e vou recomendar a elas....hehehe
    bjokssssss
    Ju Feres

    ResponderExcluir
  38. Ai, ai, ai
    Super feliz em ter encontrado seu blog, nossa, super... conheci dois textos seus atraves de outros blogs, adorei... adorei... vou tentar me atualizar por aqui... bjos

    p.s Sou bipolar...e meu amor, é multipolar, trágico!

    ResponderExcluir
  39. Juliana,
    Recomende então a elas, quem sabe não ajuda, não é mesmo?! (risos) Beijos e obrigado, mocinha!

    --
    Lia Araújo,
    Eu que fico feliz ao saber da sua felicidade em encontrar o blog! :P Obrigado, bem-vinda e volte sempre! :D
    Nossa, multipolar complica mais ainda, mas o amor dá jeito em tudo (ou não)! ;) Beijos!

    ResponderExcluir
  40. Oi Ru! Muuuuito bom esse texto, adoro o seu blog, sempre venho aqui e me surpreeendo com as coisas que você escreve! Está de parabéns mesmo!

    ResponderExcluir
  41. Dani,
    Muito obrigado, fico feliz ao saber que gostou da crônica. Espero contar sempre com sua visita! Beijos! :D

    ResponderExcluir
  42. O problema é até "cair a ficha" em relação ao amor bipolar. A gente vai ponderando, analisando...mas depois tudo vai se esclarecendo na mente. Mesmo assim é dolorido, às vezes!

    ResponderExcluir
  43. Anônimo,
    Dói quando cai a ficha, mas doer faz parte! ;) Esperança? SIM! Ilusão? NÃO!

    ResponderExcluir
  44. Digam-me por favor, como curar um coração que é inconstante?

    ResponderExcluir
  45. Anônimo,
    Acho que terapia e autoconhecimento podem ajudar! ;)

    ResponderExcluir
  46. eu tenho um namorado bipolar que nao consigo tirar da minha vida,mas tudo tem seu tempo tudo cansa um dia ...
    Mais como sempre parabéns *-*

    ResponderExcluir
  47. Oi amigo éincrivel ter pessoas assim, mais no fundo isso pra mim é puro egoismo, por isso q só liga e vai atras qdo ker.
    eu casei com uma menina super linda q eu realmente amo, vms fazer um ano d casada mais na cama parece q ja faz 30 anos, ja tentei conversar, ja ate discuti por isso a pessoa diz q vai fazer algo pra tudo voltar a ser como antes, perguntei c é falta de interesse as vezes a pessoa nao tem culpa de nao sentir, talvez o problema nao seja nem na gente e sim psicologicamente, mais to cansada de tentar eu fiko cobrando sei q isso é errado pq as coisas tem q acontecer naturalmente se nao fika tdo mto mecanizado mais qdo eu vejo ta to discutindo depois me sinto mto mal em eu ta cheia de vontades implorando uma pessoa pra estar tbm sei q nao é assim q acontece, eu keria ter coragem e terminar pq ja tentei dialogar nos filmes sempre a relaçao termina com mal entendidos pq as pessoas nao conversam, mais eu sim sei q ja ocnversei, só keria ter coragem como mtas fazem nao ta bom separa e segue sua vida mais nao é tao simples, sei o qto essa pessoa me ama mais isso me incomoda relação sem sexo pra mim é amizade, engraçado como todo dia ela nao eskece d entrar na internet, no orkut...ta dificil viu,...tenho durmido mto tarde eu acordo cedo pra trabalhar e ela trabalha depois do almoço, o pc ta no quarto e nao consigo durmir di boa pq ela ker entrar...vo por na sala e infelizmente dexa pra ver oq acontece nao posso fikar controlando nguem cada um sabe d si sei q com o tempo isso vai resolver mais por enqto parece q ta mto distante...eu espero sempre q ela um dia apareça com uma roupa especial ou separe um dia pra gente, mais eu tenho certeza absoluta q nunka isso vai acontecer q eu vo esperar pra sempre algo q jamais vai rolar da parte dela...nao aguento mais isso sera q o sexo é tao disinteressante assim pra ela...pq ela nunka cobra nunka....só eu pareço me importa me sinto uma idiota...pra ela tdo ta bom tdo ama mais só ama pra ta junto igual amigas talvez eu e nem ela veja q é isso q ela sente por mim.... =( desculpa maisprecisa colocar isso pra fora, as vezes a pessoa de fora ve mais q a gente...bjo

    ResponderExcluir
  48. Gabi,
    Obrigado! :)
    Se ele for bipolar nos sentimentos, tira mesmo, se for a doença, mande ele se tratar! ;)

    --
    Suzi,
    Pode desabafar sempre que preciso. Conversa novamente com ela sim, mocinha! Diálogo é fundamental. Agora por mais que você a ame e ela diga que te ama, se você conversou e ela não mudou e você não é feliz sem ela mudar, termina sim e parte para outra. Não há outra escolha saudável a ser feita. É o que penso! :D Boa sorte e seja feliz!

    ResponderExcluir
  49. OI... EU TAMBÉM ESTOU SOFRENDO COM UM AMOR BIPOLAR. EU NUNCA POSSO NADA NA RELAÇÃO, NÃO POSSO RECLAMAR DE NADA E NEM ME APAIXONAR. A AUSENCIA DELE ME MACHUCA MUITO, NÃO ME LIGA, E NEM ME RETORNA AS LIGAÇÕES. ONTEM MESMO NÃO ESTAVA MAIS AGUENTANDO ESSA SITUAÇÃO E RESOLVI DIZER A ELE QUE ESTAVA APAIXONADA, NOSSA FOI MAL ELE SIMPLESMENTE ACABOU COMIGO DIZENDO QUE NÃO SENTE NADA POR MIM E QUE TINHA ME AVISADO PARA NÃO ME APAIXONAR COMO SE EU TIVESSE CONTROLE DAS MINHAS EMOÇÕES. ELE DIZ QUE NÃO QUER SE RELACIONAR COM NINGUEM MAS AO MESMO TEMPO ELE SE COMPORTA COMO SE TIVESSE ALGUM SENTIMENTO POR MIM. ACHO QUE É MELHOR ACABAR COM TUDO ISSO DE UMA VEZ, MAS TENHO CERTEZA QUE AMANHÃ OU DEPOIS ELE PODE VOLTAR COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO E QUERO TER CORAGEM DE DIZER UM NÃOOOOO BEM GRANDE!!! SE TIVER CORAGEM É CLARO, RSRS. OBRIGADA POR ME OUVIR E ME DE UM CONSELHO POR FAVOR NA POSIÇÃO DE BIPOLAR. TENHA UMA BOA TARDE, BEIJOS.

    ResponderExcluir
  50. Anônimo,
    Boa tarde! E se você já sabe o que fazer é fácil, basta fazer! ;) Abraço e boa sorte!

    ResponderExcluir
  51. puts, melhor texto que eu já li, senti meus pensamentos traduzidos ai, parabéns, a-do-rei :D

    ResponderExcluir
  52. heeypear,
    Obrigado! :) Fico feliz por ter gostado e se identificado! Beijos!

    ResponderExcluir
  53. Cara... Achei o Texto interessante, escreves bem, mas não entendo o preconceito com bipolares. Ser averso a um amor bipolar tudo bem, ninguém merece idas e vindas, picos injustificaveis de atençao e solidão. Mas o que um portador de transtorno bipolar tem a ver com isso???

    Se parares para pensar perceberá que todos somos multipolares. É isso ai!

    A diferença de um bipolar para vc é que um bipolar possui um defícite de substancias que regulam o humor, o que pode ser facilmente corrigido com a ingestão de pequenas mgs de Lítio. Entretanto, você depende tão somente dos fatos, do momento, do agora para determinar quais suas sensações e reações.
    Com o tempo vai descobrir que nao há como controlar o que virá, se o momento seguinte te deixará depressivo ou euforico, triste ou alegre...

    Eu sou Bipolar, e agradeço a Deus por exister uma capsula que resolva meu problema... Espero que encontre alguns remédios pros seus.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  54. Ah.. pra justificar... Seu texto nem é tão preconceituoso assim.. É uma cronica e obedece aos parametros...

    Mas há comentários que estrapolam!

    Também escrevi sobre o assunto em meu blog.. se puder faz uma visita.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  55. Paulo Leandro B.,
    Não tenho preconceito com bipolares. É uma crônica e chamei de bipolares pessoas que se alternam entre dois polos "amo" e "não amo". E só! ;) Abraço!

    ResponderExcluir
  56. Me chamo Wanessa e sou BIPOLAR, achei muito interessante seu texto, mas todo mundo tem que saber q ser bipolar não é por opção ou pq achamos bonitinho, é uma doença e tem tratamento, não existe a cura. Mas para quem se, quiser ou estiver se relacionando com alguem com bipolaridade respeitem e tentem ajudar tbm e compreender que isso é ruim pra quem estar de fora, imaginem para nós os BIPOLAR!

    =)
    beijo, tchau!

    ResponderExcluir
  57. NOSSA QUE CRÔNICA!PERFEITA, PARECEM QUE FALAM DE UMA PESSOA SÓ,SAO REALMENTE TODOS PARECIDOS,AS ATITUDES,ESTAVA NESSE BARCO,QUE NAUFRAGOU ONTEM,A SALVAÇAO QUANDO VAI VIM? NAO SEI DAQUI UMA SEMANA,UM MES,6 MESES,ESTOU SOFRENDO,TENHO POR MIM QUE É IMPOSSIVEL AMAR UM BIPOLAR,QUANTA FRIEZA!!OS SENTIMENTOS DA OUTRA PESSOA NAO CONTA,A OPINIAO TAMBEM NAO,ISSO NAO É PRA MIM,QUERO E PRECISO DE ESTABILIDADE NA MINHA VIDA...

    ResponderExcluir
  58. Puxa, é assim mesmo que acontece. Eu namoro a 5 anos um bipolar e temos sempre esses alto s e baixos. Recentemente ele teve uma crise, e para se afastar de mim e de todos de sua familia, ele saiu de casa. E o pior, usou outro menino para me esquecer. Terminamos e eu sofri o pão que o diabo amassou. Mas depois ele voltou e viu que o que fez não estava certo e que me amava verdadeiramente. Agora estamos passando por uma fase onde ele está se distanciando do ato sexual.. não procura, somente eu fico investindo mas nada. Ele reconhece que é uma fase e que vai passar, mas eu fico apreensivo com isso. Confesso que já aprendi a conviver com isso.. mas as vezes machuca demais.. espero que passe logo. Ele está fazendo tratamento com Litio e atendimento psiquiatrico. é uma relação de idas e vindas.. de momentos de euforia e outra de total isolamento.. mas o amo e estou disposto a encarar tudo isso.

    ResponderExcluir
  59. RAFAEL,TÁ ACONTECENDO ISSO COMIGO TAMBÉM,VOLTEI,SOU O ANONIMO ACIMA,LEMBRA DO BARCO QUE NAUFRAGOU, A SALVAÇAO CHEGOU DIA 31 RSRSR MAS O LADO SEXUAL,TÁ DIFICIL ,QUASE NAO ME PROCURA,MAS NO MEU CASO ESTOU CONVENCENDO A VOLTAR A TOMAR REMEDIO, VOCE JA PENSOU CONVIVER COM UM BIPOLAR SEM TRATAMENTO? POIS É ELE É INSUPORTÁVEL,ESTOU COM PACIENCIA PORQUE SEI DO PROBLEMA E ELE DISSE QUE POSSO MARCAR TRATAMENTO PARA ELE, MAS TENHO MEDO DELE MUDAR DE IDEIA, E SE ISOLAR NOVAMENTE,N ATENDER TELEFONE,VOU TENTAR PORQUE GOSTO DELE.

    ResponderExcluir
  60. Pois é anônimo... ainda continuamos na mesma. O pior é que agora estou me sentindo só. Ele fala a todo momento que me ama e que não sabe viver sem mim, mas palavras não bastam, tem que ter atitude, ações... é muito difícil. Por momentos eu penso em desistir de tudo, mas por outro vejo que o meu amor pode suportar ainda mais. Parece um autoflagelação, mas é mais forte que minha razão. Não sei até onde eu posso suportar, sei somente que estou enfrentando!

    ResponderExcluir
  61. Nossa, tudo que vc escreveu... é igualzinho o que estou passando... vou dar um basta nisso....CARACA.... QUE HORROR

    ResponderExcluir
  62. Mas anonimo, agora ele apresentou uma melhora! O sexo ainda não ta "aquelas coisas" mas estamos nos entendendo melhor. Acho que eles devem ter fases, sei lá! Veja isso direitinho!

    ResponderExcluir
  63. meu namorado é bipolar, há uma semana disse que me amava e que era só meu, mas ontem disse que não tem certeza dq sente por mim e quer se afastar um pouco..... nossa, isso dói, não sei se é ele que está falando ou é a doença.... não sei oq fazer, alguém pode me ajudar???????

    ResponderExcluir
  64. o esse loco é desenfreiado com o amor bipolar ele sabe tudo suahsauhsuasah vlw ae

    ResponderExcluir
  65. Já tive um amor BIPOLAR!!! Mas chega, nunca mais quero outro!!! Fui parar no psiquiatra tb e acabei tomando psicotrópicos. Foi muita humilhação, só esnobava meu amor...

    ResponderExcluir
  66. bibopalares nunca oferecem perigo a naum ser para eles mesmo, eles naum são sacanas são carentes demais, sacana é quem ainda trata mal os supersensíveis bipolares, os fazem sofrer para cair de novo em depressão dificultando ainda mais a cura. (eu sou a MulherDaMeiaNoite)

    ResponderExcluir
  67. Tb não acho que oferecem perigo. Amo um bipolar a 05 anos. São momentos de altos e baixos... um verdadeiro exercício de amor e paciência!

    ResponderExcluir
  68. Wanessa,
    Mocinha, mais uma vez: esse texto é uma crônica, não é um artigo científico nem o pretende ser, não falo de bipolaridade doença, faça uma metáfora com o termo bipolar associando-o com pessoas indecisas no amor que se alternam entre o polo "te amo e te quero" e "Não te amo e não te quero". Enquanto bipolar você deve saber bem que o que falo na crônica não é bipolaridade doença! Beijos e obrigado por ter lido a crônica! ;)

    --
    Anônimo,
    Boa sorte nos seus amores, mas esclareço que não falo da doença bipolaridade! :)

    --
    Rafael,
    Lamento por sua dor, mas não abordo no texto os bipolares de fato, é apenas uma metáfora. ;) Abraço!

    --
    Anônimo,
    Novamente, boa sorte! :P

    --
    Rafael Alcantara,
    Fique bem! :)

    --
    Anônimos,
    Repito, não faço da doença bipolaridade!!! :)

    ResponderExcluir
  69. Eu gosto do meu marido ha 10 anos, estamos casados ha 5 anos, se naun fose pela persistencia dele ja teriamos nos separados, eu sou muito carente, as vezes tenho recaida e nao consigo trabalhar, por sorte a empresa da familia, eu volto ao passado pq meu pimeiro amor mora duas quadras da minha casa, eu nao esqueco fiquei muito tempo em depressao, minha vida desregrada, durmindo muito, me isolando, de repente eu fazia amizades, altos e baixos, minha familia sempre me ignorando, por eu ter sido cleptomaniaca, nao parar nas faculdades e nos empregos... Agora meu marido sofre pq eu tinha me equilibrado, e tudo desmoronou, estou deprimida em casa pq minha irma se desentendeu comigo saiu da empresa, eu amo ela, e ela naun corresponde... Td por causa de heranca que eu e meu irmao ganhamos para sermos socios e meu marido ser no meu lugar, ela naun gostou... Estou triste, pq eu quero que minha famlia seja feliz se realize financeramente, mas estou confusa e pertubada com o que sinto pelo meu marido... mas naun quero perde-lo... e complicado para uma bipolar viver sozinha, e voltar a morar com meu pai, naun dah a gente naun se entende, ja tenho 30 anos... o que eu faco? Bipolar consegue viver no gelo, sozinho, sem amor?

    ResponderExcluir
  70. Gente, por favor me ajudem!

    Já relatei em alguns post sobre meu relacionamento de 6 anos com um bipolar. Hoje faz quase 2 meses que ele terminou comigo afirmando que precisa ficar só, que me ama mas precisa ficar bem com ele mesmo. Mas esse tempo de termino que ele pediu, ele não fez nada que o fizesse ficar em paz e se encontrar. Se envolveu sexual mente com outra pessoa mas já o descartou. Ainda mantemos contatos e já ficamos umas 4 vezes. Mas ele continua com a mesma ideia na cabeça de que não quer se envolver com ninguem e não quer depender emocionalmente. Só que, nesses contatos comigo ele me faz entender que nada etá realmente terminado, pois ele diz que não encherga outra pessoa na vida dele a não ser eu e que não descarta uma possibilidade de volta. Na maioria das vezes ele alega que tem um sentimento de culpa enorme com as relações pessoais (amigos, familia e eu). Só que eu não consigo entender que culpa é essa. Estou sofrendo muito... é uma falta enorme dele! Me ajudem!

    ResponderExcluir
  71. Socoroooooo !!!! Lendo tudo isso,é como se tivesse um espelho diante de mim ! Essa sou EU! Acabo de descobrir que sou bipolar então... eu faço tudo isso. Coitado do meu parceiro....

    ResponderExcluir
  72. É preciso amar muito essa pessoa para aguentar muitas dessas coisas, e eu não tenho a certeza de nada, mas penso que a minha namorada é, e ainda vos digo mais, não é fácil lidar com isto, é triste e a paciência por vezes chega ao seu limite. No meu caso, não é só mudanças de humor como também mudanças comportamentais, por vezes em certas discussão tem comportamentos que não sei como reagir, tem vezes que me da vontade de fugir outras que me da vontade de abraçar e envolver de beijos, eu tento de tudo para que as coisas estejam bem, mas como é possível uma pessoa ter uma discussão tão grande e passando umas horas estar tudo mais o menos? Leva por vezes a uma loucura, desespero, eu gosto demasiado dela, mas eu não sei ate quanto tempo vou aguentar isto. Ela tem vezes que faz planos da vida no mesmo dia ela acaba com eles. Vai sempre buscar conversas passadas para se justiçar, não mede as palavras que diz e quer la saber se vai magoar ou não, na hora não pensa nisso, só depois é que pode pensar ou não isso depende dos dias, normalmente acorda quase sempre mau humorada, deixa-me triste :( é estranho, parece que ela pode fazer sempre tudo e quando quer e estar com quem quer e eu não lhe posso dizer nada, se não ui esta tudo muito mal, mas se for ao contrario ela é capaz de estragar a noite esteja eu a onde estiver, ela fala muito da bipolaridade nos seus colegas, mas eu não sei como ela não se apercebe que pode ter isso, ela tem vezes que quer lutar pelos seus objectivos e outras que quer desistir porque ela não esta com cabeça e não sei mais o que...

    ResponderExcluir
  73. convivi 1 ano com um bipolar que n aceitava tratamento,n teve jeito me separei,é impossivel o relacionamento,que Deus o proteja e que um dia aceite o tratamento o entao ´´ CAMISA DE FORÇA´´ ...

    ResponderExcluir
  74. Ahhhh!Ainda amo vc Gilvan Silva, menino bipolar que fez meu mundo delirar... mas espero que um dia um dia tudo isso venha a acabar...

    ResponderExcluir
  75. Lendo esse desabafo identifico o meu namorado...o comportamento dele é muito parecido...um dia está de ótimo humor..horas depois alguma coisa o desagrada e ele se torna fechado, infeliz...as vezes me coloca nas alturas quando o ajudo...mas se acabo discordando de algo que ele tenha feito..o até mesmo tenha falado..já não estou servindo mais....O duro de tudo isso é que não é apenas uma paixão, mas sim um amor que tenho por ele. Ele toma atitudes precipitadas, impulsivas como término de namoro e horas depois volta novamente....e nessas atitudes impulsivas acaba falando coisas que não precisariam ser faladas, jogando a culpa do namoro não estar bacana em mim...Não sei mais o que faço, as vezes tento abrir os olhos dele para que ele perceba o quão é instável, mas ele se estressa, diz que está sufocado, pressionado, que não aguenta mais...e o pior é que fico me perguntando em que errei, o o que estou errando. Devido ele ser "estressadinho" acabo engolindo muitas coisas, porque se falo alguma coisa ele já diz...não estamos dando certo, que a culpa é minha....Gostaria de compartilhar esse meu desabafo para que outras pessoas possam me ajudar a entender, como lidar com essa situação e com a pessoa que amo tanto para que tenhamos um relacionamento saudável para ambas as partes.....

    ResponderExcluir
  76. Adorei esse texto , como muitos aki acabei de passar por isso .. exatamente ontem a noite .. terminei depois de mais de um ano nessa tristeza.. eu amo essa mulher morreria por ela . mas ela nunca e boa o bastante pra mim , ou um dia nao me ama e no outro me ama , um dia me quer no outro nao quer .. e coisa de maluco. eu aguentei ate ela procurar ajuda (pscicologo) aguentei ate aonde pude. mas meu coracao nao aguenta mais tanta rejeicao de quem ele ama tanto , tanta ignorancia ,desprezo humilhacao tambem , numa noite tudo lindo maravilhoso 30 minutos depois tudo acabado .. me sinto culpado de abandona-la assim .mas nao da mais .. e muito sofrimento faco de tudo tiro o meu tempo para dar a ela . e no final nunca faco nada por ela.. nao da mais .....

    adorei esse blog .. cara!!!! esse texto e feito para eu .. incrivel !!! se Deus quiser estou livre de hoje em diante .. abracos ..

    ResponderExcluir
  77. Boa tarde!

    Meu nome é Ana, adorei seu texto, parece q conhece muito bem esse tipo de amor enlouquecedor q nos tiram a sanidade e o amor próprio por completo.
    Os bipolares q me perdoem, mas realmente é impossível ter um relacionamento sadio com vcs. Um relacionamento é composto por duas pessoas, então não é porque um é "bipolar" e o outro não, pode ser magoado, traido, humilhado, deixado de lado, mal tratado..... Em um relacionamento não deve existir um melhor q o outro, nunca!!! Devemos sempre estra de igual para igual, temos sim q nos preocupar com nosso parceiro "bipolar", cuidar dele com carinho para q fique bem, mas e ele? Só por q somos considerados normais, não merecemos esse cuidado? Podemos ser tratado com indiferença? Frieza? Não merecemos nem a gratidão, de estarmos sempre presente com palavras e gestos de carinho para não os deixarem cair? Merecemos sim! Por sermos seu companheiros, amigos, psicólogos, por sermos pessoas merecemos respeito, também precisamos de cuidados e atenção,tamBém podemos enlouquecer sabiam bipolares?
    Sinto muito em lhes magoarem, mas no mundo não exitem só vocês!!! E se não se derem conta disso o quanto antes, de uma coisa tenho certeza, vocês irão ficar sozinhos e ai sim terão todos motivos do mundo para blasfemarem contra a vida. E isso não tem nada a ver com preconceito, então por favor não confundam as coisas, é só uma questão de limites, amor próprio, se vcs merecem respeito, nós também, CHEGA DE ABUSOS, HUMILHAÇÕES, CHANTAGENS EMOCIONAIS. Existe um ditado q diz: DE MÉDICO E LOUCO TODO MUNDO TEM UM POUCO! Então concluindo, podemos ser tão insanos quanto vocês, assim quando puderem, só quando puderem, deixem de olhar para o PRÓPRIO umbigo E, olhem para o lado, e agradeçam por ter uma pessoa lá e, se for uma pessoa especial, demonstre seu amor, e se lembre q ela esta ali por q quer e por q o ama, não por que é obrigada e por isso, se não receber o devido amor e respeito q merece, amanhã quando vc deixar de ser só por um minuto um ser egoista, ELA PODERÁ NÃO ESTAR LÁ!!!

    Hoje tenho 30 anos, tive meu primeiro namorado com 14 anos, o amava muito e o amo até h!!oje, mas infelizmente não deu certo. Nunca mais nos vemos. Me casei, tive um filho, me separei. Quando tinha 20 anos, "esse meu amor" voltou, ficamos juntos uns 2 meses, mas também não deu certo. Nunca mais nos vemos. Ano retrasado ele novamente apareceu, eu muitooooo feliz pensei, é agora!
    Me lembro como se fosse hoje, o primeiro dia q nos vimos, dia 15 de junho de 2010, um dos dias mais felizes da minha vida! Dessa vez, e pela ultima, nosso relacionamento durou até o dia 31 de dezembro de 2011, um dos dias mais tristes da minha vida. Bom ele era um bipolar em tratamento, mas q muito pouco ajudava.
    Ele quase me levou a loucura, até doente fiquei.
    Ele era instável, egoísta, grosseiro, uni potente, inabalável, vulgar, infiel, arrogante...... O fim foi inevitável, uma questão de tempo e decisão. De um lado meu relacionamento, o amor da minha vida inteira. Do outro minha sanidade, meu amor próprio. OPTEI POR MIM, MESMO TENDO A CERTEZA DO MEU AMOR POR ELE E SABENDO Q VOU AMA LO MINHA VIDA TODA.

    Primeiramente devemos nos amar, senão nunca poderemos viver um amor verdadeiro e reciproco! E é isso q estou tentando fazer no momento, depois d ser completamente destruída pelo amor da minha vida! O amor realmente NÃO É RACIONAL!

    AMO UM BIPOLAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    MAS ME AMO MUITOOOOOO MAIS!!!!!!!!!!!!


    DESCULPEM POR FAVOR SE FUI GROSSEIRA EM ALGUM MOMENTO, NÃO ERA MINHA INTENÇÃO!
    OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  78. Meu Deus , auguem leu meus pensamentos e conseguio explicar , parabens mesmo , muito interessante o seu texto , explicou exatamente oqe eu estou sentindo rsrsr' , Beijoooos

    ResponderExcluir
  79. Quem ama de verdade e percebe que a pessoa tem uma doença, não abandona, mas ajuda levando no psiquiatra! Simples assim!

    ResponderExcluir
  80. Linda crônica ... Pra quem está passando e sofrendo por isso é de uma ajuda sem tamanho. Parabéns!

    ResponderExcluir
  81. Então um bipolar num dia te ama, morre de saudades, te acha uma pessoa perfeita, quer casar, faz planos e tudo o mais. No outro dia te odeia, diz que vc atrapalha a vida dele, diz que não aguenta mais e quer terminar tudo.

    Gente, é enlouquecedor. Deixa qualquer um louco. E o pior é que a pessoa não quer aceitar que tem esse problema.

    Isso deixa qualquer mulher louca. Porque ninguém consegue viver com tamanha instabilidade emocional.

    Adorei seu texto - sério, sincero e divertido ao mesmo tempo!

    ResponderExcluir
  82. estou vivendo ha mais de dez anos com uma pessoa bipolar e as vezes me pego sofrendo dmais e me sinto uma fraca por nao poder ajudar a minimizar

    ResponderExcluir
  83. Nossa que bom poder achar um lugar onde vejo que não estou só nessa vida louca com um bipolar.Namoro há treze anos e estou noiva e somente há 3 anos descobri que ele era bipolar depois de sofrer muito e até emagrecer 15 kilos por esta pessoa. expliquei para ele que havia visto varias coisas na internet e que se ele não fosse bipolar que era questão de caráter e que não gostaria de ficar com uma pessoa assim. Ele aceitou o tratamento e durante mais ou menos 2 anos e meio ficou bem só que agora a seis meses não está tomando remédio direito porque diz que dá sono e as vezes não consegue trabalhar. O problema e que ele começa a beber e tomar o remedio uma vez ou outra e minha vida ta virando um inferno novamente não o que mais pensar e nem sentir. Muitas humilhacoes, descaso e solidão parece que eu sou uma merda de pessoa e não tenho valor nenhum, acho que estou entrando em depressão de novo e o problema é que ele não tem ai se eu to ficando mal ou não.Daqui um dois ou tres dias ele simplesmente vai falar que está estressado e vai pedir pra ficar bem de novo, haja emocional to ficando louca igual a ele devolvendo tudo de volta que ele me fala pra ofender, acho que agente acabar até pegando a doenca, parece contagiosa e fica sem rumo. Não sei mais o que fazer já até ajoelhei e pedi a Deus pra dar um rumo na minha vida e me tirar dessa doença, vc fica com o coração em pedaços achando que tudo no relacionamento é culpa sua que vc não presta, não tenho nem auto estima mais e sinceramente to entregando os pontos, acho que eu que vou precisar de psquiatra pra cuidar de mim, eu sei que muita gente sofre com está doença mais sinceramente isto não é coisa de DEUS porque consome todas as energias de uma pessoa normal.QUE DEUS ajude todos nos que convivemos com pessoas com este problemas porque somos guerreiros dele neste desafio e que não nos de um fardo maior que não conseguimos carregar, forca e amor no coração de todos.

    ResponderExcluir
  84. REALMENTE, NÃO É FÁCIL CONVIVER COM UMA PESSOA BIPOLAR, ATE ENTÃO EU NÃO SABIA QUE EU ERA... MAS AGORA QUE EU SEI E VENDO O DEPOIMENTO DAS PESSOAS, EU SOU BEM ASSIM MESMO : ACORDO DE MAL HUMOR, PARECE QUE TUDO SEMPRE DÁ ERRADO PRA MIM, VONTADE DE SUMIR,VONTADE DE QUEBRAR TUDO QUE VÊ PELA FRENTE,AS VEZES UMA FELICIDADE IMENSA, E DE REPENTE UMA TRISTEZA QUE NÃO TEM FIM,MUITO IRRITADA COM TUDO E COM TODOS MESMO, E O PIOR DE TUDO É QUE A GENTE SEMPRE TEM RAZÃO, E DEPOIS DE UMA DISCUSSÃO ONDE VC JÁ XINGOU, JÁ BATEU, JÁ QUEBROU, NO OUTRO DIA É COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO, E AINDA FICAMOS BRABOS COM A PESSOA QUE AINDA ESTA LEMBRANDO DO ACONTECIDO...
    MEU MARIDO NÃO ME AGUENTA MAIS, AI FUI OBRIGADA A PROCURAR UM ESPECIALISTA, E DESCOBRI A DOENÇA, OU SEJA LÁ O QUE É...
    MAS O CASO NÃO É QUE A GENTE NÃO AME A PESSOA QUE ESTA COM A GENTE, NÃO É QUE A GENTE NÃO VEJA O QUE FAZEM POR NÓS, O CASO É QUE A GENTE SE SENTE INFERIOR E NÃO BOM O BASTANTE PRA VOCÊS QUE SÃO "SAUDÁVEIS"...
    AS VEZES BRIGAMOS NÃO PORQUE NÃO QUEREMOS MAIS, AS VEZES SÓ QUEREMOS UM POCO MAIS DE ATENÇÃO ( EU SEI QUE MUITOS VÃO DIZER : - MAIS DO QUE JÁ DAMOS!), MAS É ESSA A VERDADE ... QUEREMOS TODA ATENÇÃO DO PARCEIRO, QUEREMOS TODA ATENÇÃO DO TODOS, E QUANDO VEMOS QUE ALGO É MAIS QUE NÓS, FICAMOS IRRITADOS, JÁ NÃO PRESTAMOS MAIS...NOS SENTIMOS REJEITADOS... É UMA COISA "LOUCA" MESMO... NEM NÓS NOS ENTENDEMOS, ESPERO QUE EU CONSIGA ME CONTROLAR TOMANDO MEDICAMENTOS, PQ É MUITO TRISTE, MUITO TRISTE MESMO PRA NÓS, DEPOIS QUE VEMOS O QUE FIZEMOS... E O PIOR QUE DAI É TARDE DEMAIS...
    _______A PESSOA QUE É BIPOLAR, E TEM ALGUÉM AO LADO, PODE-SE CONSIDERAR AMADA DE VERDADE______ PORQUE NÃO É FACIL MESMO...

    ATT. DEISI CMM

    ResponderExcluir
  85. PQP GENTE...VCS NÕ SACAM NADA MESMO ,, SABE O QUE É SER BIPOLAR??? É TENTAR EXTEMINIO AOS 17 ANOS DE IDADE,, VIVER UMA VIDA DE MERDA E VEM VCS COM PRECONCEITO QUABTO A UMA DOENÇA GRAVISSIMA . JÁ SE FORAM MAIS 5 TENTATIVAS DESDE ENTÃO.. HOJE SOU MÃE TENHO 2 FILHOS E SOFRO TANTO POR VER MEUS SENTIMENTOS SENDO ABLADOS ,, ME ESCONDO DA MINHA PROPIA MÃE , SEM FALAR QUE VC QUERIA ALGUEM AO SEU LADO MAS NINGUEM , NIGUEM ESTÁ DISPOSTO A SAIR DE SUA ZONA DE CONFORTA . PRA TENTAR AMANEZIR ESTE SOFRIMENTO, TER QUE TOMAR 1.800 MG DE LITIO POR DIA , FORA OS OUTROS MEDICAMENTOS QUE ME DÃO NAUSEAS TIDOS OS DIAS DE MINHA VIDA ,, ACHA QUE É FACIL SER ASSIM?? ACHAM QUE EU GOSTO DISSO??? VÃO CONSULTAR UM BOM PROFICIONAL PARA VCS ENTENDEREM MELHOR SOBRE ESTA ((((DOENÇA))). QUEM É BIPOLAR , JA NASCE , JÁ VEM NO DNA , NINGUEM SE TORNA BIPOLAR NAVIDA ,, ESTÃO VCS CONFUNDIDO DEPRESSÃO E OUTRAS SINDROMES QUE NÃO A BIPOLARIDADE. ODIEI TUDO QUE LI AQUI , NUNCA VI TANTA FALTA DE INFORMAÇÃO.VCS SIM PRECISAM SE TRATAR ,TEVE UM AI QUE OPINOU SENDO QUE NEM SEQUER SABE O QUE É UM BIPOLAR.NUNCA VI TANTA GROSSERIA E FALTA DE INFORMAÇÃO..QUER DIZER ENTÃO DEIXA ELA DE LADO E PRONTO,,,, VC SEGUE O CAMINHO DA FELICIDADE E ESTÁ LIVRE DO INCOMODO NÉ???KD O AMOR QUE VCS TEM ?? LOUCOS SÃO VCS.. PRECISAMOS É DE SER AMDOS COMO SOMOS..MAS....NÃO QUE SE DANE OS BIPOLAR ..NÃO É VERDADE??TUDO BEM EU OS PERDOO PQ NÃO SABEM O QUE FALAM. BJS A TODOS E SEJAM MUITO FELIZES(SE PUDEREM) E FELIZ PÁSCOA A TODOS OS SÃO DE MENTE .. E FODA-SE OS INSANOS.. APLAUSOS PRA VCS GALERA DO BEM.ASS:;EU 1 UMA MULHER QUE NÃO PUDE ESCOLHER O QUE TINHA NO MEU DNA. ATÉ MAIS.

    ResponderExcluir
  86. Parabéns pelo texto!!!
    Depois de 08 meses num namoro com uma bipolar diagnosticada, eu é quem fui parar no psiquiatra em pânico.

    ResponderExcluir
  87. Por favor me ajudem me relaciono há 1 ano com um bipolar que nao aceita medicação em seus surtos diz haver câmeras e afins eu já me acostumei com isso o único que fico desnorteada quando ele as vezes por Nd quer se afastar de mim diz que me ama ficamos 24 hrs ao dia juntos felizes ate vir essas crises desta vez ele terminou comigo faz 1 FIA eu me sinto deslocada liguei para ele e nao me atendeu sendo que ate ontem me ligava 15 vezes por dia será que ele voltara? Ou será uma crise? Me ajudem !!! Eu o amo muito beijos

    ResponderExcluir
  88. Anônimo do dia 29 de fevereiro,se importa se eu copiar seu depoimento por completo e assinar embaixo?Pois é como se estivesse falando de mim,passei e passo por exTamente tudo q vc relatou.Pra piorar,essa situação foi iniciada em minha vida durante uma gravidez.Tudo q vcs puderem imaginar eu vivi e o mais difícil era comparar aquela pessoa com o outro de pouco tempo antes q se tratavade um cara bacana,gentil e companheiro,no entanto a partir do diagnóstico exato,fiquei por 8 meses em uma tranquilidade qeu acreditava não mais existir,mas de repente td começa novamente,parece um pesadelo sem fim,me sinto a pior pessoa do mundo .Minha filha de 1 ano e 5 meses foi extremanete afetada pelo q passei durante sua gestação.É uma criança muitíssimo nervosa.As pessoas do trabalho dele,me olham como se eu fosse a pior pessoa do mundo,pois creio q nenhum sáiba de seu verdadeiro problema,por isso sua versão é outra para eles.
    Amei,amei este tecto,não conhecia nada desse autor,mas gostei demais .Só adoraria ter essa coragem de usas exatamente as palavras e expressões q aí foram usadas,daì de repente me vem a mente:-destruir um casamento de quase noveanos e nao ser companheira nessa hr tão difícil?O q eu faç,meu Deus?

    ResponderExcluir
  89. Fraco são aqueles que termina e deixa o outro na fossa isso acontece com bipolar e na vida normal,

    Acredito que vários comentários são desculpas inrrustidas de quem quer terminar e não tem coragem usa a doença para se afastar

    ResponderExcluir
  90. Nossa, estou passando exatamente por isso, e é muito dificil, estou me sentindo um lixo. Há 1 semana eu era perfeita, hoje sou a pior pessoa do mundo. São ofensas e magoas... estou muito triste...
    como pe que uma pessoa pode ser tão cruel e tão bipolar assim que abate a pessoa que esta ao seu lado...
    Triste mesmo!

    ResponderExcluir
  91. Acabo de mandar um bipolar p espaço, ninguém merece esse tipo de ralção.... nao recomendo...

    ResponderExcluir
  92. Primeiramente, quero parabenizar o autor do texto; sem dúvida, o modo pelo qual colocou a sua crônica, pelo menos numa rápida leitura, conseguiu estabelecer uma ambiguidade sem igual, daí não ser surpresa as mais diversas reações aqui observadas. Muito provavelmente o que trouxe os leitores do texto cuja interpretação foi no sentido da enfermidade (e aí eu me incluo), foi uma busca no Google acerca dessa mazela miserável que, como se vê dos vários relatos aqui descritos, tantos problemas e sofrimentos causa não só ao seu portador como a todos aqueles que o cercam.Assim como muitos aqui, ao ler os muitos desabafos relatados, me senti compelido a fazer o mesmo, pois, por certo, é uma tendência natural, nas dificuldades, tentar ver no outro uma fonte de semelhança e, quem sabe uma solução. Estou casado há dois anos, mas meu relacionamento já vem de muito mais de uma década; no período que antecedeu o casamento, pouquíssimas vezes (pra não dizer quase nunca) a minha esposa externou algum sinal ou sintoma de que fosse portadora de TBH (talvez o tenha feito, mas, por estar apaixonado e, pela própria característica do transtorno, não percebi). No entanto, após o término de seus estudos e início da vida conjugal, tudo começou a mudar – para pior - (nem vou descrever detalhadamente as crises e os seus desdobramentos haja vista tudo o que foi dito pelos demais relatos, apesar de alguns danos não terem sido descritos). As crises começaram a se tornar mais frequentes, apesar do tratamento psiquiátrico e psicológico, e, na última crise em que ela teve no final do mês passado (que, como costuma ocorrer, foi se desenvolvendo gradativamente, tendo seu ápice em agressões verbais e físicas, com alguns revides de minha parte, além de ameaças abertas contra a minha vida – nem vou dizer o que ela prometeu, mas não pude ignorar...) foi necessária a sua internação, pois, não havia mais como eu controla-la sozinho dentro de casa. Após uma semana internada, depois de sua saída, a mesma ficou na casa de sua mãe, e, hoje, minha esposa viajou para outra cidade para realizar uma prova de um concurso (eu particularmente não vejo como ela possa concorrer em pé de igualdade com os demais candidatos, pois, apesar de sua vasta formação acadêmica, ela ainda não está 100%). Antes que alguém se questione como eu posso permitir que este último episódio ocorra, cabe registrar o seguinte: no dia do internamento a minha sogra veio até minha casa para me ajudar a levar minha mulher para a clínica; na internação, minha sogra tomou a frente de tudo, identificando-se como responsável pela paciente; minha mulher estava enfurecida comigo por conta do internamento, e, como minha sogra me tem com um “filho”, tomou o cuidado de, em nome de toda a família de minha esposa, expor a sua “versão dos fatos” o que acabou por me impedir de visitar a minha mulher na clínica um só dia que fosse da internação, por conta de “orientação médica”, mesmo eu pagando todas as despesas médicas (que não é mais do que minha obrigação) e estando uma pilha de preocupado; só fiquei ciente da alta da minha mulher quando a minha sogra me ligou para dizer para eu comprar as passagens aéreas para a minha mulher ir fazer a prova em outra cidade (detalhe, não falo diretamente com a minha mulher desde o seu internamento; ela nem sequer se despediu de mim antes de embarcar; espero que ela vá e volte bem). Enfim, tudo que eu expus, mais que um desabafo, foi no sentido de demonstrar, tanto para aqueles que acreditam numa solução prática para esse problema, como para aqueles que exigem uma abnegação franciscana do respectivo cônjuge ou familiar, o quanto é sofrível o dilema daqueles que lidam com essa problemática. No meu caso, em particular, a balança da solução pende mais para o lado da praticidade, haja vista um elemento mais a lhe favorecer o qual, ironicamente, deveria ser em sentido contrário.
    É isso. Que Deus ilumine a todos nós e nos dê a solução para cada um dos nossos casos.

    ResponderExcluir
  93. De Fato disabafou ' rs . . .

    (não li todo mais acho que foi Foda!) rs.

    ;D

    ResponderExcluir
  94. Eu acho que existem graus de bipolaridades mais graves que outros, e acho também uma falta de humanidade tratar uma pessoa que tenha transtorno bipolar como um louco. Ela pode tornar-se louca se não se tratar. Quem tem transtorno bipolar não pediu para ser assim e sofre muito com isso. Tem mais, nem todos agem dessa forma estúpida e maluca. Fui diagnosticada há 10 anos e, desde então, faço terapia todas as semanas e vou ao psiquiatra que me receita os remédios que me mantém estável e mais humana que 90% de vocês. A Bipolaridade é uma doença rara e genética. Agora, existem pessoas que não são bipolares e se fazem passar por um pra brincar de viver. Há dias sim, em que acordamos tristes e não queremos falar com ninguém, há dias em que acordamos eufóricos e até agressivos, pois as substâncias que mantêm nosso corpo estável emocionalmente( dopamina, serotonina e adrenalina), são esvaidas de nosso cérebro. Para isso, um bipolar precisa se medicar diariamente como um hipertenso, um diabético e por ai vai. Ele precisa fazer isso para se manter estável emocionalmente e não ficar sem controle sobre suas emoções. As pessoas que aqui escraxaram com os bipolares, deveriam ler mais artigos científicos sobre isso. Mas eu já imagino o tipo de gente que comenta. Pessoas alienadas que assistem uma novelinha da globo, a qual taxa o bipolar como um louco e abre a boca pra falar asneiras. Informe-se, leiam fontes seguras, assim saberão que um bipolar não é esse monstro que vcs postam ai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nitelma,
      Esta é uma CRÔNICA, literária! Como eu já disse várias vezes aqui nos comentários é um texto artístico, não estou falando do transtorno bipolar, mas de pessoas indecisas e o uso o recurso retórico do exagero para me expressar! Abraço!

      Excluir

Emoticons desabafos Digite os caracteres ao lado das imagens e adicione emoticons ao seu desabafo!
Formatação desabafos Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Blog Widget by LinkWithin