Pesquisar este blog

29 dezembro 2009

Marcadores: ,

Entrevista - Astrologia do amor: será que a gente combina? (Paulo Randow)

Compartilhar
Quando o amor está escrito nas estrelas

Filme Escrito nas estrelasRecorte do cartaz de Escrito nas estrelas (2001)

Todo fim de ano muitos costumam fazer uma lista com os desejos para o novo ano. Dentre eles é muito comum que os solteiros (pasmem!) peçam um companheiro. E na tentativa desenfreada por encontrar alguém vale tudo: das simpatias mais simples, como usar roupas íntimas rosas ou vermelhas na virada, às mais complexas como grudar um pedacinho de papel com o nome de quem se ama no véu de alguma noiva. "Não acredito que simpatias possam ajudar pessoas desarmoniosas a se tornarem harmoniosas. O melhor caminho é o autoconhecimento", afirma categórico o bacharel em filosofia e astrólogo Paulo Randow.

Pesquisando as relações humanas há 21 anos, Randow se dedicou a conhecer áreas como psicologia, psicanálise, neurolinguística, hipnose clínica e mitologia para ajudar as pessoas a entender melhor o outro, inclusive, no amor. Com esse objetivo iniciou há cerca de 10 anos o site Casal Perfeito que ajuda pessoas a encontrarem o par ideal por meio da compatibilidade astrológica, gratuitamente. Nessa entrevista, ele fala sobre como o mapa astrológico pode auxiliar na busca pelo verdadeiro amor.


Como o signo de uma pessoa pode influenciar no modo como essa pessoa ama?
P: O signo da pessoa é o modo como ela busca realização pessoal. Isso influi pouco em como ela ama.O modo como uma pessoa ama está associado à Lua e a à Vênus. A Lua mostra como a pessoa mostra afeto e como busca segurança afetiva. A Vênus mostra como a pessoa se sente atraída pelo belo e o modo como ela seduz e é seduzida.


Uma pessoa que tem a Lua em Virgem irá servir ao outro, como forma de amar. Irá sempre se oferecer para atender a quem ama, numa forma de fazer-se útil, e, assim, acredita que a pessoa amada irá dedicar-se a ela, como forma de valorizar a dedicação serviçal dela. Por outro lado, uma pessoa com Vênus em Câncer vai gostar do passado, ligação com a família, e por isso tentará seduzir levando a pessoa para sentir-se em família, valorizando o passado da pessoa e procurando maternalmente cuidar da pessoa amada. Qualquer insegurança no amor irá fazê-la se voltar para sua família, acreditando que ali é onde terá o amor que deseja.

Como a cada nascimento temos os posicionamentos dos astros em um dos signos do Zodíaco, temos o signo em que o Sol estava, que pode ser diferente do signo em que a Lua estava, que pode ser diferente do signo em que a Vênus estava. É complexo, mas, para cada pessoa é preciso calcular o céu no momento do nascimento para poder sabermos o modo como a pessoa ama.

Além disso, temos que ver os ângulos que faziam os astros com a Lua e com a Vênus, pois se houver ângulos positivos, isso indica facilidade em viver o amor, caso contrário, a pessoa irá sempre atrair situações difíceis para o amor. Por exemplo: uma pessoa que nasceu quando Saturno estava a 90 graus com a Vênus, a pessoa sempre vai gostar do que é proibido, que o pai não aceita, ou padrões de valores não aceitos para o momento social que a pessoa viva. Como se apaixonar por quem não pode dedicar o amor a pessoa, ou por quem é comprometido.


E qual seria o papel do ascendente nessa mesma questão do modo de amar?
P: O ascendente mostra a forma como a pessoa se apresenta, como ela é vista do primeiro momento. Se o ascendente for um signo extrovertido, a pessoa se tornará mais acessível, caso contrário, poderá ser mais reservada e dificultar a aproximação do outro, mas isso não significa a forma da pessoa amar, apesar de influenciar.
Primeiro a pessoa fará tudo para contornar as incompatibilidades, mas isso trará danos à personalidade"

Então, mesmo conhecendo o signo e o ascendente, a astrologia não pode ajudar o indivíduo a relacionar-se melhor em suas histórias de amor?
P: Apenas isso não ajudará muito, apenas se soubermos o mapa da pessoa como um todo é que saberemos orientá-la para melhor utilizar suas habilidades naturais.



O que é a sinastria e como ela é realizada?
P: Sinastria é a comparação do mapa de duas pessoas para podermos saber as afinidades e conflitos inerentes da natureza astrológica. Ao calcular o mapa das duas pessoas, vemos a posição dos astros no mapa de um sobre as posições do mapa dos outros. Assim, identificaremos todo o modo de comportamento desse relacionamento.



Alguém que está muito apaixonado e realizado, mas a sinastria do casal descobre que ele e o companheiro não combinam astrologicamente. O senhor acha que dá para reverter ou contornar essa falta de sintonia astrológica?
P: Num primeiro momento a pessoa fará tudo para contornar as incompatibilidades tentando mostrar que pode ser diferente do que é, mas isso tende a promover um dano para a personalidade, fazendo com que ao conseguir o intento e a carência pessoal for superada, o ser volta a mostrar-se como é e acaba por retornar os conflitos naturais. Digo que quem vive um relacionamento incompatível tem tendência a desenvolver doenças físicas, como resultado de se anular.


Filme Sorte no amor
Recorte do cartaz de Sorte no amor (2006)


Qual seria o casal perfeito do Zodíaco?
P: Considero um casal potencialmente maravilhoso quando o Sol de um está em signo a 60 ou 120 graus do outro, com a Lua a 60 ou 120 graus do outro. Mercúrio a 60 ou 120 graus do outro. Vênus a 60 ou 120 graus do outro. Marte a 60 ou 120 graus do outro. Júpiter a 60 ou 120 graus do outro. Saturno a 60 ou 120 graus do outro, e o Ascendente a 60 ou 120 graus do outro. Mas somente astrólogos entenderiam isso. Posso dizer, que, potencialmente, todas as pessoas podem encontrar alguém que tenha essas combinações, mas há casos em que a diferença de idade pode ser um fator impeditivo. Mas ao se encontrarem, a força astral será intensa. Para ser incompatível, basta trocar o 60 e 120 por 90 e 180 graus.


Muitos acreditam em almas gêmeas. O senhor acha que os astros podem reservar alguém especial para as pessoas?
P: Como disse acima, todas as pessoas tem potencial para encontrar alguém que seja compatível astrologicamente. Somente em poucos casos, a diferença de idade pode ser fator impeditivo, por diversos motivos, pois é o que tenho percebido em minhas pesquisas. Eu me dediquei a encontrar uma pessoa com compatibilidade astrológica ótima comigo. Depois de muito procurar, encontrei uma com 92% de compatibilidade e deixei que essa força de compatibilidade nos unisse. Resultado: quase quatro anos de uma relação maravilhosa, com o crescimento mútuo em todos os sentidos, e uma enorme alegria de estarmos juntos. Uma curiosidade que percebemos desde o primeiro momento, é que temos o mesmo cheiro.
Se as pessoas não combinam é preciso extinguir a relação, dando chances para que outra melhor surja"

Há quem faça simpatias para atrair ou trazer de volta a pessoa amada. O senhor acredita nesses recursos?
P: Não creio que simpatias podem fazer pessoas não harmoniosas no relacionamento se tornarem harmoniosas. Incentivo as pessoas que me procuram a buscar uma relação compatível, e quando estão namorando alguém sem boa compatibilidade, digo a elas para aproveitarem a relação para aprender sobre o que é que funciona a sinastria, aproveitando o que combina e entendendo o que não combina, se seguindo até a relação se extinguir e dando chances para que outra melhor surja. O melhor para abrir os caminhos aos amor é o autoconhecimento e o estudo do mapa astrológico.



Quando e como o senhor se interessou por relacionar a astrologia e a busca pelo amor?
P: Eu cursava Física e Matemática na Universidade Federal do Espírito Santo quando fui participar de um congresso na Unicamp, ali conheci aos 18 anos uma ONG divulgando Acupuntura e outra Astrologia. Saí de lá com alguns livros de um e de outro saber, e me tornei o astrólogo, área à qual tenho me dedicado e conseguido destaque desde então.

6 dos desabafos - DESABAFE!:

  1. KKKKKKKK

    Eu não podia deixar de ser o primeiro a comentar já que hoje em especial no post tem o cartaz da Lindsay. *----------*

    ResponderExcluir
  2. Lohannn,
    (risos) Ai, esses fãs! (risos) Tem ela sim, mas e a entrevista, moço, o que achou? ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá, amigo!
    Sua postagem está deslumbrante, parabéns!!!

    Deus abençoe sua vida infinitamente!
    Desejo pra você e sua família, votos de feliz ano novo!
    Que este ano de 2010, seja repletos de saúde, paz, amor e grandiosas vitórias...
    Porém, não somente no ano de 2010, mas sim em todos os seus dias...
    Que todos os seus sonhos se realizem!
    Beijos de poesias...
    Com apreço e carinho de sempre...
    CelyLua.

    ResponderExcluir
  4. Celylua - O blog das Letras,
    Obrigado! Para você também.

    ResponderExcluir
  5. Eu namorava uma pessoa que eu achava perfeita para mim, mas por termos objetivos diferentes agora, nos separamos...

    Mas acredito que ainda voltaremos um dia, pois nos damos muito bem e continuamos amigos. Como faco para saber se temos os signos compatíveis?

    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo,
    Você deve procurar um astrólogo e realizar um mapa astral e fazer a sinastria. :P Beijos!

    ResponderExcluir

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *