Pesquisar este blog

08 junho 2009

Marcadores: ,

Fugir de casa

Compartilhar
Um novo lar

Doce lar
Recorte do cartaz de Doce Lar (2002): de volta às origens

Eu já fugi de casa com uma sacolinha. Juntei duas ou três roupas, enfiei num plástico e disse adeus à minha mãe. Andei até o portão e olhei para trás, para conferir se alguém me via. Me escondi e só reapareci algumas horas depois. Queria que sentissem minha falta e que deixassem eu fazer tudo o que eu queria. Tinha cinco anos. Voltei para casa e após mais duas ou três fugas frustradas descobri que era para o meu próprio bem que as coisas não podiam ser sempre como eu queria.

Hoje, tenho mais de duas décadas de vida e ainda costumo desaparecer para ver se sentirão minha falta. Não só minha família, mas aqueles que eu amo. E, principalmente, aquele cuja mãe eu gostaria de chamar de sogra. Mas não adianta muito fugir, o negócio é ficar e mudar de casa, se necessário. Mudar, nunca fugir.

Às vezes, sinto aquela vontade de morar sozinho, de viver sem meus pais na cola. Meu irmão já saiu de casa e tem razão "em uma certa idade ou você casa ou sai de casa". Poderia ser os dois de uma vez só, mas não sei qual dos planos se encontra mais distante. O problema é que após um tempo parece que você vive em uma época e seus pais em outra, você fala uma língua e eles outra. E já começo a me sentir um inquilino em minha própria casa, ou "na casa onde eu habito" como minha mãe sempre me lembra.

Me falta só o dinheiro para seguir meu caminho, por isso restringi minha habitação ao meu quarto e à noite, à sala, onde vejo meus filmes e seriados. No mais, meu quarto é minha casa, é nele que me refugio e me escondo. Não mais com uma sacolinha, mas com a mesma vontade de fugir do mundo. Acho que ainda sou aquele garotinho que só quer chamar a atenção, afinal, eu tenho até um blog! Mas um dia eu saio, mudo e encontro meu lar, para ver se eu paro de sentir a minha falta em meio a paredes que não me pertencem e corro para um mundo que eu preciso saber até onde vai.

47 dos desabafos - DESABAFE!:

  1. Em certo momentos tenho uma vontade imensa de pegar minhas coisas e sair porta a fora, sem destino... Passando de cidade em cidade, uma vida cigana. Será que isso mudaria alguma coisa? o_O
    Ahhhh... como você já disse: "Peço que o amor venha me encontrar, porque perdido eu já estou."


    Ótimo texto... Como sempre!

    Ótima semana! =)

    Bjinhos
    ;-)

    ResponderExcluir
  2. Em primeiro lugar: ADORAMOS esse texto!

    Em segundo lugar, muito prazer!

    Em terceiro lugar, acho que depois de todo esse desabafo a única coisa que podemos dizer-te é:

    Que tal um café!?

    E caso não se incomode, fumaremos um cigarro!


    No funfo no fundo, estamos sempre fugindo para dentro!
    Quando na verdade nem queremos muito fugir, só queremos uma abraço de pessoa para pessoa e um beijo com qualquer coisa de sinceridade imbutida!!

    Sintomos dos tempos de hoje!



    beijos vermelhos,

    Mi e ChicO!

    ResponderExcluir
  3. Líliz Sollecnocsav,
    Obrigado, mocinha e o bom dessas vontades é que eles passam rápido! (risos) Beijos!

    --
    Empoemamento,
    Fico muito feliz que tenham gostado do blog, e espero que não fumem o cigarro, pois eu detesto! (risos) Queremos sim um abraço, mas às vezes queremos mais do que isso... Abração!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Ru !!

    Muito lindo tudo isso que vc escreveu,mas acho que só entende o que há nas entre linhas quem também vive algo parecido,eu tbm faço do meu quarto meu mundo e a noite um pouco da sala assim como você.Vai fazer um ano que não falo com meu pai e ter que conviver no mesmo teto com ele e depender ainda do sustento dele me frustra um pouco,mas temos que ter fé,enquanto eu não consigo mudar minha realidade luto para que ela uma hora mude.Estudando,crescendo,pensando na vida e principalmente sonhando.Enquanto sonhamos percebemos o quão vivos estamos!

    Adorei o texto.
    Abraços amigo.

    ResponderExcluir
  5. thiago,
    Agradeço suas palavras, amigo. O momento em que se conquista a independência financeira, e em breve você conquistará, é um pouco estranho, pois você não depende mais dos seus pais para sobreviver e se sua grana for suficiente para morar só ou com amigos, você vai se perguntar se é mesmo feliz na casa dos seus pais e caso não tenha uma relação de amizade com eles, certamente, vai seguir seu rumo e sair de casa. É estranho pensar o que une você e seus pais além da paternidade. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Gosto do que você escreve porque alem de sincero, acho autentico. :D

    Eu sempre falo, vou fazer 18, sair de casa, comprar um cachorro e começar a trabalhar. Só que isso é teoria, na pratica, todo mundo quer um canto pra chamar de seu, mas nem sempre da pra ter esse canto. Isso é um saco, mas sei lá. Eu costumo acordar quando ta todo mundo dormindo e chegar quando ta todo mundo vendo televisão, vou pro computador e depois tem a hora janta, onde posamos de família feliz e depois todo mundo volta pra os afazeres e depois vai dormir. Acho que o problema é que como você disse, com o tempo, o canto que era seu, passa a ser um canto que não é tão seu assim. E puff! Ou você acha um canto novo, ou fica assim. Mas uma hora esse canto chega, é só ter força e fé.

    beeijinhos. :*

    ResponderExcluir
  7. Mariana Bandeira.,
    Obrigado! É isso aí vamos cantando enquanto não achamos o nosso canto! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Sai cedo de casa......Fiz mundo.....fiz familia........tenho quarto.tenho vida e privacidade de uma casa toda..e as vezes daria tudo pra voltar pra casa de minha mãe rs

    é a vida rs

    Denise

    ResponderExcluir
  9. Nossa Ru.. ando me sentindo assim também...e por coincidência já fugi de casa quando criança, ameacei fugir adulta.. e hoje aprendi que onde quer que eu vá eu me levo, então, seja no quarto, na sala, ou dentro de mim, talvz a maior mudança a ser feita em mim é de dentro pra fora...

    Como diz a canção..." Amor não chora de sofrimento, cheguei agora no vento...Viver é afinar o instrumento, de dentro pra fora, de fora pra dentro.."

    Um beijo

    ResponderExcluir
  10. Denise,
    Por isso eu disse que devemos mudar, nunca fugir, quando a gente foge da casa dos pais, não adianta, a gente vai querer fugir da nossa própria casa também com os problemas e conflitos. Crescer não é fácil, ser adulto é difícil. Tem gente que casa para sair de casa, ainda hoje. Acho que temos que mudar e nos mudar, pois em raras exceções, o local que vivemos só representa isso. Beijos!

    --
    Pierce,
    Obrigado!

    --
    Roberta,
    Exatamente, não podemos fugir de nós mesmos, o jeito é dar um jeito! (risos) Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Encontrei teu blog agora e adorei a maneira como escreves!
    Hoje também estou querendo fugir de casa e digo mais: fugir de mim mesma!
    Tornei-me seguidora.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Meu sonho era sair de casa e qdo isso aconteceu minha vontade era voltar. Sabe que lembro de cenas parecidas em minha infÂncia, onde eu fugia de casa chateada com meu pai e ia até a esquina, e qdo me sentia muito distante voltava...só desejei voltar.
    Hoje meu mundo é meu quarto, às vezes a sala onde a novela me tira um pouco da realidade com a beleza do Raj e as vezes a cozinha onde ataco a geladeira principalmente na TPM. Queria fugir, mas pra onde? Pra chamar a atenção de quem? Pq me sinto tão sozinha e sem lugar?
    Sú...;D

    ResponderExcluir
  13. Vanessa,
    O problema é fugir para qual destino, né? Beijos e obrigado! Seja bem-vinda!

    --
    ,
    Oh, linda, espero que esse sentimento passe logo e encontre seu lugar em você mesma, viu? Beijão!

    ResponderExcluir
  14. OLá moço "não adianta fugir nem mentir pra si mesmo" (Lulu Santos)o importante é construir uma vida pra você, dê tempo ao tempo mas sempre procurando fazer acontecer.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  15. Sai de casa mais nao esquece o blog, que a gente fica sozinho sem vc!

    Ta chegando seu aniversario e vc esta no inferno astral, logo passa Ru... ou melhora! rs

    Tem certeza que nao sou eu no texto? rs

    Adoro sempre! Beijos e parabens!

    ResponderExcluir
  16. Pam,
    (risos) Melhora, mas esse escrevi bem antes do inferno astral que terminou AGORA! (risos) Obrigado, mocinha, beijos! Nunca deixarei o blog!

    ResponderExcluir
  17. Ru...
    Tá de niver garoto...
    Em primeiro lugar: desejo que Deus ilumine seus caminhos e lhe traga um grande e sincero amor.
    Obrigada por cada desabafo publicado aqui, vc não imagina o quanto me faz bem, e pelo visto não só a mim...rsrsr...

    Qto ao texto...estou fugindo ha tempos...+ acho que é de mim mesma...sabe qdo nenhum lugar parece bom?E a gente quer fugir e não sabe pra onde?Ou talvez os braços para os quais eu queira fugir estejam muito longe ou não possam me acolher...
    Meu quarto é meu refugio...onde tento me desligar de tudo e me apegar a lembranças boas...nem tv assisto +...estou ha procura de algo dificil de encontrar...

    Vc faz aniversario + quem ganha presente é a gente...com mais um texto maravilhoso...
    Felicidades Ru...e se fugir, nos leve na bagagem...
    Bjos

    ResponderExcluir
  18. Oi...
    Meu coração está aos pedaços.Amei alguém q simplismente não deu valor nos meus sentimentos , diz q me ama, mais suas atitudes provam o contrário.Eu to tentando ser feliz,começei a namorar uma pessoa mto bacana , q me faz acreditar nos sentimentos, q me entende, q não me faz cobranças q me ama sem exigir q eu ame com tal intesidade.Gosto dle, sim tenho um carinho enorme por ele, mais AMOR, ainda não.Será q eu to agindo de forma errada?

    bjs

    Rafaela

    ResponderExcluir
  19. Não é muito fácil desabafar na web, pode ser o fim... mas também pode ser o começo. Vc é inteligente; não vai demorar p dar seu grito de independência. Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Ru!

    Você sabe que sou fã do jeito como você escreve! Apesar de não comentar muito quanto deveria - até por sermos amigos e blogueiros, acho muito profissional o modo como você organiza o blog e deixa todos os posts com esse tom intimista.

    Me identifiquei com o seu texto - menos com a parte de fugir de casa. Nunca pensei em fugir, sério mesmo. Já pensei em morar sozinho, morar numa república ou dividir uma apartamento com alguns amigos, mas nunca fugir. Quem sabe um dia consiga a minha própria casa!

    Acaba que o quarto vira o nosso mundo, o nosso refúgio dentro da casa que habitamos. Nossos pais são de outra geração. Tem outra cabeça. Mas, por mais que tenhamos alguns stress com eles, pelo menos temos a certeza de que o amor que um pai e uma mãe sentem pelo filho é incondicional e sincero. Não falo só de pai biológico, mas os pais que cuidam, que criam ou que passam pela nossa vida e nos deixam boas lições.

    Bom, seus textos sempre me fazem viajar na maionese...hehehe. Já pensou em lançar um livro de crônicas? Vou ser o primeiro a comprar, viu.

    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Jaque,
    Obrigado, linda! Acho que às vezes procuramos o que não podemos achar, mas a beleza pode estar justamente na busca, não no encontro. Beijos!

    --
    Rafaela,
    Seu desabafo não tem nada a ver com o texto, né? (risos) Quando for assim manda por e-mail, é melhor! Não acho que esteja agindo de forma errada, está dando chance para quem te valoriza, amor não é aquela coisa louca, fogosa, sem rumo, de perder o fôlego, isso tem outro nome, imaturidade. Com o tempo aprendemos a só nos contentar com a concretude. Beijos e boa sorte!

    --
    Meri Pellens,
    Amém! Abraço!

    --
    Wander,
    Com certeza, pais nos amam, eu sei disso. Não se me entenderá, mas eu aprendi há um tempo que amar não é o suficiente :( Às vezes precisamos de mais do que isso, sabe? Eu quero em breve sair de casa sim!
    Já pensei em lançar um livro, mas ainda é um sonho distante! Obrigado pelas palavras! Abração!

    ResponderExcluir
  22. então, adorei o texto
    então(risos)eu tenho vontade de fugir de casa porque minha mãe so fica no meu pé o tempo todo. não deixa nem eu sair de casa é sempre a mesma coisa da *Escola pra Casa*kk eu sempre penso que quando fugir de casa tudo vai melhorar mais quando li seu texto eu pensei se
    mais como eu fugir sem dinheiro,sem roupa,sem aonde ir pois tenho 14 anos.

    Uma vez eu fugi de casa com apenas 7 anos so porque minha mãe não tinha deixado eu brinca na casa de uma amiga peguei uma bolsinha coloquei uma garrafinha de aguá bolacha e uma blusinha(risos) e sair sem minha mãe ver fui na casa de uma amiga e fikei la brincando ate de noite(detalhe a casa da minha amiga era do outro lado da esquina kkk)
    dai eu começei a chorar pq sentia falta da minha mãe,e dai voltei pra casa.

    mais isso me ensinou a ver que td que os pais fazen são para nosso proprio bem

    Obrigada agora desabafei
    ass: JÉSSIKA

    ResponderExcluir
  23. Jéssika,
    Que bom que gostou, mocinha, mas,infelizmente, nem sempre tudo que fazem nossos pais é para nosso bem, temos que ficar atentos e ter sabedoria. Mas a vida ensina, com o tempo! ;) Beijos e aproveite seus 14 anos, após os 18 a vida será só compromissos, contas etc.

    ResponderExcluir
  24. fugi uma unica vez , tinha anos e juntei peças de roupas e resolvi fugi de casa, fiqui no maximo horas ora de casa e não sabia nem o que estava fazendo, resolvi voltar, e na quele dia percebi que não importa se vc quer sumir ou fugir o que importa e vc esta bem com vc mesmo!

    ResponderExcluir
  25. nossa..uma vez..uma vez nao..varias!eu quiz fugir de casa,,,,
    uma vez eu ate estavaa planejando as coisas..mas cheguei na conclusao que nao tinha pra onde ir...
    outra vez eu abri o portao e sai correndo,fugi de casa pra voltar na mesma hora...
    kkkkkkk

    ResponderExcluir
  26. Anônimo,
    O bom de fugir é ter para onde voltar! ;)

    ResponderExcluir
  27. paulo vitor.
    as vezes, tenho vontade de pegar minhas coisa e sair pela porta, não consigo mas ta chegando a hora.

    ResponderExcluir
  28. Paulo Vitor,
    Sei bem como é... e como sei! ;)
    Abraço e fique bem!

    ResponderExcluir
  29. essas vida eh fodah !!!:(

    ResponderExcluir
  30. odeio minha vida naum posso fazer o q quero, queria ter dinheiro pra poder morar sozinha, pra ninguem ta pegando no meu pé..
    odeio muito minha vida , lamento tds os dias por isso..queria apenas poder ter liberdade e viver sem ter q dar satisfações da minha vida !!! :(

    ResponderExcluir
  31. Anônimo,
    Calma que em breve você conquista isso! :D

    ResponderExcluir
  32. Cara falou tudo, eu não aguento mais minha vida :( e o pior que nem o meu quarto é meu, todo mundo entra e sair a hora que quer e eu não posso impedir isso D:

    ResponderExcluir
  33. As vezes eu penso em fugir de casa.mas quando eu penso que vou passar fome,frio,sede... eu desisto. mas quando eu discuto com meus familiares ai me vem o pensamento de novo depois eu desisto e assim por diante.penso em fugir para um país estrangeiro.mas como eu vou fugir se eu nao tenho dinheiro?es a questão da pergunta...

    ResponderExcluir
  34. Tipo assim cara, como toda criança eu tbm ja me escondi pra ver se alguem sentiria minha falta passei 1 dia em cima da lage de minha casa, e so me axaram a noite...
    e oq eu queria descobrir descobri, eles tiveram falta de mim rsrs
    mas agora cresci tenho 15 anos "fase perigosa" sou bem determinada no que eu quero eu tenho um segredo que me envouve muito, segredo esse que depende da aceitação dos meus pais mas eu ja sei que ao inves de aceitação vou ter regeição ñ so deles mas sim de uma boa parte de minha familia...:(
    "DESABAFO"
    Ultimamente ta sendo mt dificiu a convivencia aki na minha casa pq tudo que eu faço ñ agrada meus pais sempre falta mais alguma coisa de 4 dias pra cá penssei mt em fugir e ainda pensso sabe meu mundo é meu quarto, é nele que eu gosto de passar maior parte do meu tempo é nele que eu encontro um pouco de paz, mas meu pai ta implicando com isso quando eu entro no meu quarto ele ja comessa brigando comigo dizendo tudo que uma filho (a) ñ esperaria uma pai falar com ele (a) ta complicado msm a convivencia aqui em casa sabe e a unica coisa que passa por minha mente é fugir, fugir pra qualquer canto em que eu encontre paz, eu ñ sou mt de sair pra festa e minha mãe reclama comigo porisso cara eu axo que ela queria q eu saisse direto xegasse bebada e tal ai so assim ela iria parar de reclamar a maior parte do meu tepo é para os estudos "meus estudos+meu quarto= PAZ". Mas eles ñ entenden

    ResponderExcluir
  35. Adorei o blog estou em um momento de crise com meus pais, mas como vc disse devemos dar tempo ao tempo curti o blog (virei seguidor)^^

    ResponderExcluir
  36. Eu quero fugir de casa, nunca mais ver meus pais e poder ser feliz a minha maneira, não fazer o que eles mandam.... Só quero ser feliz debaixo do meu tecto. Poder dizer que "isto é meu e posso fazer o que quiser". Gostava que ninguém manda.se em mim...que podia fazer as coisas que eu quisesse e também distinguir o bem do mal (pois eu sei o que eu quero e o que me faria feliz) Ninguém sabe o meu caminho para a felicidade, por isso é que se diz o que é o MEU Caminho para a felicidade.
    Ok, os país existem para nos conduzirem melhor a esse caminho mas e quando eles já não estiverem lá ? Quem vos vai ajudar ? Vcs é que sabem o que querem fazer da vossa vida mas eu quero ser feliz a minha maneira e com as minhas escolhas, se tiver que errar, eu erro ! Ninguém é perfeito ! Também ninguém é imperfeito, por isso digamos que cada um de nos faz parte dessa "pessoa perfeita", eu digo isto, porque cada um de nós consegue fazer as suas escolhas e ser feliz. Eu sou....eu quero fugir de casa mas não tenho coragem....porque há muita gente que vai sentir a minha falta (e não falo dos meus pais ) eu sei que essas pessoas que vão sentir a minha falta vão sofrer, por isso vou esperar até fazer aí uns....16,17,18 ou até menos que isso, conforme a minha paciência. Eu espero que qo serem isto pensem na minha situação......eu só quero ser feliz ! :-)

    ResponderExcluir
  37. quero fugir de casa so que nao e so por causa dos meus pais mas tambem por causa das minhas amigas

    ResponderExcluir
  38. gente eu fugi de casa ontem e agora esto na casa da mina tia nen sei oque fazer

    ResponderExcluir
  39. incrível como estou passando pela msm coisa só acho q tenho algum problema pq não consigo viver com minha familia sem brigas, preciso da minha casa mais sem grana fica difícil né!

    ResponderExcluir
  40. Estou planejando fugir de casa mais só por algumas três semanas , só para mim me livrar um pouco de tanto peso ... Tenho medo de fugir e descobrirem onde estou ,vooou para beem longe :( pra praia ja to com uma casa e tudo la só me falta a coragem para sumir daqui , pq se eu pelo menos pudesse dar um tchau pra minha mamis ... Seria melhoor <3

    ResponderExcluir
  41. eai Ruleandson do Carmo to qurendo sair de casa mais to sem dinheiro nenhum to passando por uns problemas graves mesmo nao é nem com familia tenho q sair de onde eu moro se nao vai ser grave. vc tem alguma dica doq eu devo fazer ?
    To com 19 anos e moro em SP vc tem alguma dica de uma cidadezinha q vc conheça pra mim me estabilizar por um tempo e arrumar um emprego?

    ResponderExcluir
  42. Oi,meu nome e Liliane
    Em abril faço quinze anos e sofro de mais com meus país penso em fugir mais pra onde e caso fugir n poderei mais voltar pq n me aceitaram e difícil e n sei o q fazer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liliane,
      Não é fácil fugir ou sair de casa e temos que ter maturidade e inteligência emocional para sabermos o melhor momento, fugir, de qualquer coisa nunca é o melhor. Seja forte e busque ajuda se preciso. Beijos!

      Excluir
  43. os comentarios me ajudaram bastante, to fazendo do meu quarto meu novo mundo e quando eu termina de fazer 18 vo arumar um trabalho e com dinheiro vou sumir da minha cidade, eu odeio minha familia e a min

    ResponderExcluir

Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *