Tecle CTRL + D para adicionar aos Favoritos | Desabafos - Crônicas |. Revista  |. Frases - Tumblr  |. Você no blog |. Receba as crônicas por e-mail |. Sobre o blog e o autor | Fale conosco
Carregando...

Jaleco branco


Compartilhe no Orkut Share on Tumblr Compartilhe no Pinterest

Uma dieta para o amor

Filme Patch Adams
Recorte do cartaz de Patch Adams - O amor é contagioso (1998)

"Do muito que eu li, do pouco que eu sei, nada me resta a não ser a vontade de te encontrar, motivo eu já nem sei..."
(Herbet Vianna)


Então, assim, me formei. Aprendi a ensinar a ser saudável, a nutrir esperanças, colorir pratos para as crianças e balancear sabores e valores, às vezes tão amargos, na vida dos adultos. Entre balanças e pesos, medidas e metas, o que eu ainda não tinha na dieta era o amor. Me alimentava, sem cuidado, das paixões à la carte que me ofereciam pelo mundo. Não havia clínica, hospital ou livro que tivesse me ensinado, na prática ou na teoria, o que você me ensinou. Era assim que eu me vestia, era assim que eu te via, erra assim que a gente estava: desejos de amor que se escondiam embaixo daquele nosso jaleco branco. Não sei se é o metabolismo, o sedentarismo, ou algum excesso, mas manter o amor é mais complicado do que controlar as gordurinhas na cintura. Mas eu sei que agora você se foi, e se eu pudesse te incluir na minha dieta eu te amaria noite e dia, sem qualquer moderação, atendendo à fome da paixão. E a cada vez que eu penso, eu sinto saudade, me dói a falta, essa vontade de você. Queria bater na porta do seu hospital, te pedir pra gente ser mais uma vez e te mostrar uma rima de menina que eu te fiz sem você saber: agora segura a minha mão, sente a pulsação, pois eu sei, debaixo do seu jaleco ainda bate um coração. Sim, continuo meio boba e te amando sem razão. Nesse dia, eu só queria te lembrar que foi você que deixou os nossos sonhos, me largou num mundo estranho, que trocou os nossos planos e manchou nosso jaleco branco. Hoje eu fiz todos os exames, conferi o peso na balança e a situação é mesmo grave: falta um pedaço em mim e esse pedaço é você. Para um coração desnutrido eu receito sonhos, enquanto assim tiver que ser.

"O que mais posso fazer? Isso é tão desconfortável, me ensinaram a fingir"
(Pitty/ Peu)

Dedicado à minha amiga nutricionista Camila Maia, que hoje completa mais um ano de vida. Parabéns, pelo seu aniversário e por você não ter vergonha de amar! Beijos!


Sobre o autor
Ruleandson%20do%20Carmo Ruleandson do Carmo , autor de todas as crônicas deste blog , é jornalista, doutorando em Ciência da Informação (UFMG) e ama falar de amor. Saiba mais
Facebook Twitter Orkut Google Plus Gmail
Desabafos - Comente
17 Desabafos - Comente

17 comentários :

  1. Ru

    Primeira..rsrrs

    Lindoooooo, pra variar né...
    Meu coração tá desnutrido....carente...
    "Hoje eu fiz todos os exames, conferi o peso na balança e a situação é mesmo grave: falta um pedaço em mim e esse pedaço é você.!!!"
    Será que dá pra encontrar algum remédio genérico, ja que o original, ta longeeeee...preciso me curar....ja cansei de sentir essa saudade que não acaba e só faz aumentar...

    Bjoss e adorei o texto!

    ResponderExcluir
  2. Jaque,
    Primeirona, hein? (risos) Muito obrigado e que encontre logo a dieta certa para seu coração! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. ' Não sei se é o metabolismo, o sedentarismo, ou algum excesso, mas manter o amor é mais complicado do que controlar as gordurinhas na cintura. '
    quero aprender a manter o amor.. =/

    liiindo o texto!
    aêê; alguém conseguiu comentar primeiro qe o Pierce. rs

    Beeeijos Ru !

    ResponderExcluir
  4. Mila,
    Vamos aprender, tentando é que conseguimos, né? Muito obrigado, e o Pierce está perdendo o posto de primeiro a comentar! (risos)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Lindo!! Lindo!! Lindo! Com certeza o melhor presente! O que defini melhor essa pessoinha aqui que ta fazendo aniversario hj rsrsrsrs
    Obrigada msm! Vc foi foda nessa.. vexatório o estado que me encontro nesse momento.. lendo o texto! diab/
    Jaleco branco, ilusório! Inservível! Porém, amado!

    ResponderExcluir
  6. Ah, sua amiga e sua nutricionista meubem/

    ResponderExcluir
  7. Camila,
    Obrigado, Amada, parabéns, novamente e um riso da fisher/ pra celebrar a data (e o amor)! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Lindérrimooooooo!
    Ai ai... como eu choro!
    Ru é o maximo!
    Ah, e parabens pra mocinha ai!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Gente to perdendo o posto porque tenho uma vida social, eu nao sou camila que fica o dia inteiro na frente do pc.

    FALEI.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    brinks*

    Adorei o texto, parabens pra sua amiga mila.

    =)

    ResponderExcluir
  10. Quel Safar,
    Muito obrigado, amiga! Chora não! (risos) Beijos!

    --
    Pierce,
    Obrigado, mocinho! Abração!

    ResponderExcluir
  11. Rú...
    Como sempre adorei o texto, meu coração está desnutrido tb, faltando um pedaço gigante...

    Jaque...ñ procure genéricos, geralmente esses causam um efeito colateral péssimo, uma dor sufocante, uma saudade crônica causada pela comparação inevitável e a certeza de que o pedaço ainda está faltando e só o original pode trazer isso de volta. E a cura caso o original ñ volte é o tempo, pelo menos o tempo não tem efeitos colaterias novos, além dos que já sentimos...
    Sú... ;D

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ru! Bonita homenagem à sua amiga. Creio que trabalhar com saúde, independente da área, é um dom divino. Não se trata só de dar receitas de remédios, dieta ou indicações, é preciso ter amor para fazer a pessoa acreditar que ela pode ser feliz e melhorar. Pra variar, vc sempre escrevendo muito bem, né! Tô te linkando lá no Café com Notícias!

    Abraço

    ResponderExcluir
  13. ,
    Obrigado, linda, vamos tentar ser felizes mesmo sem pedaços que nos faltam, né? Beijos!

    --
    Wander Veroni,
    Grato por suas palavras e pelo link. Abração!

    ResponderExcluir

  14. Obrigado pelo conselho!!!
    Vc tem toda razão.
    Sua frase foi ótima:" otempo não tem efeitos colaterais novos, além dos que já sentimos..."
    Fazer o q né...esperar...
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Meu Deus como eu pude demorar tanto tempo para ler esta crônica?! entro diariamente no seu blog e nunca vi... Mais é mesmo engraçado quando entro aqui e vou ler algo e clico em qualquer q seja o link, sempre leio exatamente aquilo que estou precisando ouvir no dia, e hoje não foi diferente, esta crônica me serviu como uma luva, lindo, esclarecedor, nossa fica boba com as coisas que leio, e impressionada como você traduz bem não só os seus sentimentos, mais o AMOR como um todo!
    Me apaioxono cada dia mais por este blog e você me ajuda e muito, ler o seu blog se torno um hábito, gostoso e necessário!

    Só tenho a agradecer!

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  16. Nicole Valério,
    Essa é mesmo especial, fiz com muito carinho para tentar traduzir o sentimento de uma grande amiga. Fico muito feliz que tenha gostado e que curta assim o blog! :D Beijão!

    ResponderExcluir
  17. Muito lindo o texto! Já li milhare de vezes!!

    ResponderExcluir

Emoticons desabafos Digite os caracteres ao lado das imagens e adicione emoticons ao seu desabafo!
Formatação desabafos Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Blog Widget by LinkWithin