Tecle CTRL + D para adicionar aos Favoritos | Desabafos - Crônicas |. Revista  |. Frases - Tumblr  |. Você no blog |. Receba as crônicas por e-mail |. Sobre o blog e o autor | Fale conosco
Carregando...

Amor real, casamento de cinema


Compartilhe no Orkut Share on Tumblr Compartilhe no Pinterest

A vida é uma comédia romântica

Cena de O casamento do meu melhor amigo (1997)

"Eu quero lavar roupa com você"
(Amor ou amizade - 2000)

AVISO, O DESABAFO ABAIXO NARRA UMA HISTÓRIA REAL, VIVIDA POR ESTE AUTOR EM 04.10.2008. ACREDITE, O AMOR EXISTE, ELES SÓ NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA (OU TENTE)! ;)

Estava um pouco desanimado, ou melhor, desiludido. Mas eu precisava reunir forças para ir a um casamento e celebrar aquela união, celebrar o amor, não o meu, o dos noivos. Antes de partir, borrifei meu perfume pela última vez e olhei para aquela prateleira dupla no meu guarda-roupa, lotada de DVDS e mais DVDS de comédias românticas e filmes de amor que eu coleciono. Ninguém coleciona o que possui, né? Eu coleciono filmes de amor, frases de amor. Olhei para aqueles filmes todos, lembrei de tanta coisa e falei alto comigo mesmo e para eu mesmo ouvir "é, amigo, cadê o seu final feliz? Essas histórias de amor só dão certo no cinema!". Bati a porta na cara dos DVDS, com uma promessa falsa de abandonar todos aqueles filmes.

Mas, como sempre, a vida me daria a resposta certa. Cheguei àquele casamento e não acreditei no que meus ouvidos ouviam: "Someday, when i'm awfully low when the world is cold...". Pensei, não! É perseguição! Essa piscina, essas cadeiras, essas luzes, a música de Tony Bennett, tema de O casamento do meu melhor amigo (1997), "só falta a festa terminar com uma banda tocando 'I say a little prayer for you' e todo mundo dançando!", comentei, comigo mesmo. Ri, abracei aos velhos amigos, todos namorando e eu só, desviando daquela clássica pergunta "e, ai? Tá namorando?". "Ainda não", respondia, com ênfase no ainda. Não sei se era pior os que perguntavam sobre meu atual estado sentimental ou os que nem perguntavam mais [pausa para reflexão].

Primeiro a dama-de-honra, depois o noivo, os padrinhos em seguida, e todo mundo levanta para a noiva entrar. Lá estava ela, Bolinha, minha amiga de infância, linda e radiante como nunca. Bolinha é como eu a chamo. As pessoas que eu amo ganham nomes pelos quais só eu as chamo, sou egoísta e elas precisam de algum modo serem só minhas! Começou o discurso de um líder espiritual e ele foi mesmo sábio em suas palavras: "Um dia todo mundo encontra o verdadeiro amor, é só querer de verdade, sem desculpas, sem medos, sem auto-sabotagens. Todo mundo sabe o caminho. Esse amor será o verdadeiro, pois você vai se lembrar só de como foi o começo, porque nunca vai conhecer o fim". Enguli seco. Ele falou também sobre a importância do amor, mas sobretudo da amizade entre o casal. Novamente, pensei, não! É perseguição MESMO! "Daqui a pouco alguém oferece uma canção romântica para o noivo e diz ser ele o melhor amigo", ironizei.

E disseram, e ofereceram! Mas, dessa vez, exorcizei aquele sentimento frustrante de ouvir Julia Roberts dizer, em uma das cenas mais tristes do cinema: "por sorte, eu acordei e vi que o mundo é como tem que ser" ao dar a canção tema dela e do melhor amigo para "a outra". No mundo real, eu vi a noiva Bolinha, amiga, companheira, amante do noivo, cantar uma música que eu não conheço, mas que era o tema daquele casal real. Era como se todos os filmes de amor, todas as comédias românticas que eu tanto amo, estivessem sendo projetadas ali, naquele sítio, naquela cerimônia, em um amor real, mas com casamento de cinema. Eu chorei! Eu agradeci! Sim, eu ainda choro em casamentos e agradeço por amores que não são o meu.

Olhei para todas aquelas pessoas emocionadas, olhei para mim, também emocionado, e pensei: o que há errado? O que acontece? Por que é assim? Tantas pessoas dizendo que o amor é uma idiotice, que o amor não existe, que casamento é furada, é ultrapassado, dentre outros blá blá blás reclamões, e, ao mesmo tempo, uma sociedade tão solitária como nunca se viu antes. Milhões de pessoas lotando salas de cinema, assistindo histórias de amor e tanta gente só, desiludida, descrente do amor e de si. Mulheres disputando a tapas o buquê da noiva, colocando toda a fé, toda a esperança em algumas flores, acreditando que aquelas rosas poderão torná-las a próxima a ser feliz e amada. Por que todo mundo parece sofrer tanto, desejar tanto o amor e simultaneamente fugir tanto deste sentimento, desta relação?

Mas aquele casal, ali na minha frente, tendo a coragem e a audácia de se declararem amantes e jurarem amor eterno, perante dezenas de pessoas, me ensinou a lição que eu mais precisava no momento e, talvez, na vida. A questão é encontrar alguém que queira realizar o sonho junto com você. Alguém que queira querer. A gente às vezes perde muito tempo amando alguém que não quer viver o nosso sonho e sofremos por tentar encaixar aquele alguém na vida que queremos, mesmo ele não dando a mínima importância para os nossos sonhos. Até onde seu amor é capaz de ir por alguém? Até onde alguém já foi capaz de ir por amar você? "Ele nunca abriu mão de nada. Que tipo de amor é esse?", conclusão de uma esposa em Brothers & Sisters. As coisas podem dar certo, o amor pode dar certo, mas ele vai dar trabalho, você vai dar trabalho, o casal vai ter que ceder.

É triste, é real de mais, mas temos que amar quem queira pagar o preço do nosso sonho, e não pagar o preço para tentar que alguém ame a nós e aos nossos sonhos. Ou, então, é preciso aprender a ceder, fazer pelo outro o que ele está disposto a fazer por você, o que poucos nesse mundo estão dispostos ou são capazes de fazer, apesar de não ser assim tão difícil, é mais uma vez questão de querer. Mas aquele casal de amigos que se amam, aqueles amigos, os meus amigos, quiseram e souberam ceder. Nas palavras improvisadas da noiva ela disse "Eu quero que você me aceite, que nos aceitemos". O noivo não deixou por menos: "Eu quero me tornar alguém melhor, por você". P-U-T-A-Q-U-E-O-P-A-R-I-U! O amor existe!

Antes dos créditos deste casamento cinematográfico e real subirem, um encerramento com chave de ouro: a noiva e o noivo saem do altar, aplaudidos por todos, e a banda começa a cantar "I say a litle prayer for you" levando todos a rir e imitar os passinhos daquele velho filme de Sessão da Tarde. Todo mundo ria, mas eu chorava, eu agradecia. Não era uma perseguição, era um tapa-de-luvas muito bem dado, para eu me lembrar de que preciso sim continuar sempre sonhando, sempre sendo quem eu sou. Só preciso agora de quem queira viver o meu sonho, comigo, por mim, por nós. "Pode beijar o noivo", a noiva, não importa, apenas beije e QUEIRA amar quem você ama (e te ama). Trilha sonora linda, frases de efeito, iluminação precisa, figurino impecável, beijo de tirar o fôlego da platéia, final feliz. Ai, ai, eu também quero a minha própria comédia romântica. E se o amor só der certo no cinema, eu faço meu próprio filme! "Someday...".

"- E por que você quer casar comigo?
- Para eu poder te beijar quando eu quiser!"
(Doce Lar - 2000)

Obs.: Obrigado, Bolinha, pelo convite, você não sabe a importância que este casamento teve em minha vida, em minha fé. Minha fé em mim e no amor estão agora recarregadas! Seja muito feliz! Obrigado, Amandinha e Rachel, pela paciência e boa-vontade de ler ao meu texto às 3h15 da manhã de um sábado.


Sobre o autor
Ruleandson%20do%20Carmo Ruleandson do Carmo , autor de todas as crônicas deste blog , é jornalista, doutorando em Ciência da Informação (UFMG) e ama falar de amor. Saiba mais
Facebook Twitter Orkut Google Plus Gmail
Desabafos - Comente
30 Desabafos - Comente

30 comentários :

  1. "Milhões de pessoas lotando salas de cinema, assistindo histórias de amor e tanta gente só, desiludida, descrente do amor e de si."
    Pura verdade, aí me pergunto: o que as pessoas querem? Eita.

    Não desista do sonho mesmo ^^. Mas pare de procurar um pouco pelo amor. Ele tá aí, em toda parte... deixa ele tentar te encontrar.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Manu,

    Pois é juro que não procuro, primeiro porque já o sinto e o amor é que me acha! hehehe E eu insisto em corrigir a tagline de Closer (2004) que diz "quem acredita em amor à primeira vista nunca pára de olhar", para mim "quem acredita mesmo em amor à primeira vista um dia pára de olhar"! E eu tô louco para não precisar mais olhar! hehe

    Beijos!

    RU

    ResponderExcluir
  3. Não tenho uma memória tão boa como vc para as frases dos filmes, mas o meu casamento de filmes preferido é o de Simplesmente Amor. Aposto q vc lembra e eu n preciso nem comentar né hehe.

    parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  4. Ru, lindo o texto! Fiquei MUITO feliz quando você me ligou contando quais músicas tocaram. É difícil, mas é possível acreditar no amor, sim. É principalmente necessário. bjos

    ResponderExcluir
  5. Otávio, lembro sim! heehehe

    TorperMaíra, alguém vai trazer o nosso café, tá? hehhe Beijos! Amo você!

    ResponderExcluir
  6. Engraçado como as coisas são... já tive um casamento desse tipo, de chorar, chorar, e sonhar... e nele, tirei base para o meu, se um dia acontecer... não quero nada religioso demais, apenas uma benção, e palavras bacanas... e todas as musicas, do casal... nesse que fui, o noivo entrou com a musica que a noiva escolheu pra ele. "Foi assim como ver o mar, a primeira vez que meus olhos, se viram no seu olhar". E por aí foi a cerimônia mais linda!!!!!

    Ai ai, casar... perceber que quando a festa termina, vem a melhor parte... não se divide a vida, né Ru... a gente multiplica os sonhos!

    Bjs, te amo!
    Casamento do meu melhor amigo é simplesmente um dos filmes que mais desidrato na frente da tv... hahahahaha

    ResponderExcluir
  7. Ru,
    esse texto é tão... tão...(onde está a palavra?) COMPLETO que me atenho a somente dizer: Obrigada!
    Bjins

    ResponderExcluir
  8. "E se o amor só der certo no cinema, eu faço meu próprio filme!"

    Dispensa maiores comentários...

    Parabéns!!

    =**

    ResponderExcluir
  9. EU ME IDENTIFICO TANTO COM SEUS TEXTOS...
    VIVO UM MUNDO DE QUESTIONAMENTOS A RESPEITO DO AMOR. NUNCA AMEI E CREIO NUNCA TER SIDO AMADA, MAS VIVO PAIXÕES QUE AS VEZES ME ENLOUQUECEM, MAS NA REAL ESTOU CANSADA DISSO, QUERO UM AMOR, UMA PESSOA QUE COMO VC DISSE ESTEJA QUERENDO DIVIDIR O MSM SONHO, NADA DE ALGUEM CARENTE APENAS NÃO QUERENDO FICAR SOLTEIRO, ALGUEM DISPOSTO AMAR E SER AMADO, DOAR DE SI E RECEBER.
    HÁ MOMENTOS QUE CREIO QUE SONHO MUITO, MAS É A ISSO QUE ME AGARRO, PRA CONTINUAR VIVENDO NESSE MUNDO DE ILUSÕES.
    BJU

    ResponderExcluir
  10. ah cara, eu quase chorei lendo seu blog, é tão difícil ver um menino falar tantas coisas bonitas, ainda mais de amor eterno :T
    eu e meu namorado, mesmo sendo novos, a gente acha que é amor verdadeiro, porque eu conheci ele quando eu tava no meu segundo ano de namoro com outro garoto, e foi amor a primeira vista, em questao de um mes eu já estava namorando ele!
    sim, o amor existe, eu vivo por ele, eu vivo para ele :]
    o mundo só estará a salvo quando as pessoas acrediarem no amor :D

    beijo;*

    ResponderExcluir
  11. Você que faz tanta gente (re) acreditar no amor não deve nunca perder sua fé nele. É sempre bom encontrar em suas palavras um estímulo para buscar nossos sonhos.
    Seria uma grande decepção vê-lo dizer que tudo que escreve não passa de mentiras bem contadas. Você, como um dos maiores defensores desse sentimento, deve sempre dizer às pessoas que ele existe sim. O dia que falar o contrário, estaremos perdidos; se você não mais acreditar nele, sem dúvida, será muito mais difícil para nós acreditarmos também.
    Que sua vida seja repleta de momentos como esse que descreveu, para lembrá-lo sempre da existência do amor - assim você terá novos motivos para provar a todos sua existência.
    =)

    ResponderExcluir
  12. É, temos que acreditar no amor, nos permitir a amar e renunciar várias vezes para um bem maior...
    ...
    São belos os seus textos, de uma sensibilidade linda de se ver. Poesia sem fim para os nossos olhos!
    Muitos beijos e sucesso,meu querido!

    ResponderExcluir
  13. Ru, não vim para desabafar...
    achei o máximo o seu blogger, estou viciada nele, cara. ahAIUAHAHAH
    " quem acredita sempre alcança" ;D
    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Como sempre seu texto fo tuuuudddoooo!!
    Sabe... o amor depende de percistencia e nesse sentido sou a mais brasilera "não desisto nunca"!!!
    E eu choro em casamentos... todos!!
    aafffffff....
    Bom final de semana!!
    Bjosssss

    ResponderExcluir
  15. Acho que mais o que me falta agora é o amor!

    ResponderExcluir
  16. Cara é a primeira vez que leio seus textos, vejo o seu blog, me chamo Ribamildo Bezerra e apesar do nome de coadjuvante de filme de JEDI, ainda acredito em bons sentimentos e na força das comedias romanticas. Dá uma passada no meu blog e na minha coluna : http://www.paraibaonline.com.br/colunista.php?id=55&imagem=/chamadas/ribamildo.jpg

    http://www.relampejoscronicos.blogspot.com/

    e sugiro como desafio criamos uma comunidade para reunirmos as melhores cronicas de amor...para num futuro quem sabe reunirmos tudo num bom livro. abs ribamildo bezerra ja seu fa de cronicas.

    ResponderExcluir
  17. Estou tentando expressar em palavras meu agradecimento, mas estou em prantos por ler tantas palavras maravilhosas.... Às vezes as elas são mais profundas que os gestos!
    Ru vc é simplesmente maravilhoso e um amigo fiel! Deus ainda esta projetando uma pessoa pra vc aqui terra, porque não existe quem te mereça neste planeta ainda! A sua pureza, o seu amor e sua sensibilidade são admiráveis! Quando li este testo só acreditei por que sei que vc existe, pois se não soubesse da sua existência acharia que foi uma invenção de uma pessoa que tenha projetado alguém assim!
    Agradeço muito por ter sido testemunha de uma celebração de duas pessoas que se amam e que tentam fazer com que a vida não se torne chata pra que se amem mais!
    Vc é uma benção em minha vida! Obrigado por existir!!!!
    Amo-te muito mesmo....
    Seu look fechou a festa....
    O que posso dizer??????
    Fashion Week totaaaaaaaaal! Baixou as causas mesmo rrsssss....
    Amo Amo Amo ...
    De sua amiga e apaixonada por suas crônicas: Bolinha

    ResponderExcluir
  18. NOSSA CARA VC DISSE TUDO Q UM SER HUMANO PRECISA SER PARA TER UM AMOR ETERNO VIVER O MESMO SONHO SEM DESCUPAS SEM MEDOS SEM AUTO BOBAGENS E SO QUERER A VIDA E MARAVILHOSA O AMOR E MARAVILHOSO EU QUERO VIVER ESSE AMOR
    PARABENS VC TEM A CHAVE MESTRE DO AMOR EM MAOS!!!

    ResponderExcluir
  19. sunamita,
    Obrigado! Agora só falta alguém me querer, né? (risos) Dizem que santo de casa não faz milagre, né? Pois é... Mas! Um dia vai!

    ResponderExcluir
  20. Ruleandson,

    Li seu desabafo e instantaneamente Mario Quintana veio à minha cabeça: "O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!"

    Obrigada pelas palavras.
    Bia

    ResponderExcluir
  21. Bia Penna,
    Obrigado você por visitar e comentar! Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Adorei o q vc escreveu. Vc me ensinou q os homens tb são românticos (independente da sua orientação sexual). Eu ñ sou romantica, ñ acredito no amor romântico, na paixão, nunca me emociono em casamentos, pq sei q uma hora vai dar m... ou seja, como disse o mestre G.Gil na música Tempo Rei "ñ me iludo". Mas, acredito na amizade, no respeito e companheirismo, estes sim, fatores essenciais num relacionamento. Parafraseando R.Russo, eu ñ quero está apaixonada, quero apenas carinho, respeito e um afago. Ah, sim, nunca, nunquinha sofri por homem nenhum, eles dizem q me amam q me querem, eu acredito, mas tô atenta as limitações humanas. Quero te parabenizar pela forma clara e bonita como escreve e... cadê o livro? Qd sai? Como escritor vc vai ganhar o mundo. Um abç

    ResponderExcluir
  23. Karina Sobral,
    Obrigado! Com certeza, há sim homens românticos... o difícil é achá-los! ;) Quanto o livro, quem sabe um dia eu lanço... quem sabe!

    ResponderExcluir
  24. Poxa, chorei !!! Lembrei de todos casamentos que já fui até hoje, sempre sozinha .. isso mesmo, sozinha !!!

    ResponderExcluir
  25. Caririzinha,
    Fique bem! Um dia será o seu ou nem precisará disso para ser feliz! ;)

    ResponderExcluir
  26. Adoreiii seu texto....Tudo de bom !!!

    ResponderExcluir
  27. Nossaa Ameii mesmoo ! Mesmo sendo nova eu acredito em amor Verdadeiroo e seii q o q to vivendo com o meu NAMORADO e sim um amor verdadeiro e um Amor Eterno , Esse texto me fez acreditar mais do q eu imaginava q existe sim o AMOOR ♥

    ResponderExcluir
  28. AMEI SUAS EXPRESSOES ...VC É MUITO LINDO, SEU CONCEITO DE AMOR É MUITO SENSÍVEL E SINCERO ....CONTINUE SEMPRE ASSIM E VC TERÁ MAIS Q UMA ADMIRADORA DE SUA OBRA ....UMA FÃ INCONDICIONAL!!BOA SORTE

    ResponderExcluir
  29. gostei do jeito que vc enxerga o amor e fala dele, com convicçao de que historias de amor realmente existem!!! eu tambem acredito assim... sei, um dia vou viver a minha historia de amor,só tenho que encontrar a pessoa certa...ah e tmbem amaria te conhecer...ah e o santo de casa faz milagre sim...kkkk!!!

    ResponderExcluir

Emoticons desabafos Digite os caracteres ao lado das imagens e adicione emoticons ao seu desabafo!
Formatação desabafos Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Blog Widget by LinkWithin