Pesquisar este blog

23 setembro 2008

Marcadores: , ,

Cobertor

Compartilhar
Faz frio lá fora
Cena de Garota da vitrine (2006): abraço

Já faz um tempo, uma moça loura cantava: "cobertor aquece, mas não abraça". Achava a letra curiosa, mais curiosa que a mancha dela na coxa esquerda. Com sete anos eu não entendia a diferença entre o aquecer e o abraçar, que fazia tanta falta àquela moça. O tempo passou, muita coisa não mudou e só o clima é diferente, cada vez mais intenso. Assim, como cada sentimento que hoje me levam a entender e querer trocar cada lençol, edredon ou cobertor por um abraço. Um abraço daqueles que se ganha antes de dormir, antes de olhar para o lado e ver, quem te faz querer acordar, adormecer. Aquele abraço silencioso de quem fala "muito obrigado", por me abraçar, por deitar aqui e ter escolhido amenizar ao meu frio e ao de mais ninguém. Outro dia choveu. Choveu forte. Choveu gelo. Choveu pedra. Choveu pedra de gelo. O céu cansou de se contentar com água ou, em contato com a Terra, a água da chuva resolveu imitar ao clima de tantos corações gelados que habitam na superfície. Corações na superfície, onde moram os que jamais amam profundamente. Quem acha que não amar é pecado que atire a primeira pedra! E a Mãe Natureza atirou várias, para alertar a este mundo frio em que trocam sentimentos por sensações. Meu medo era que as mudanças climáticas começassem a acompanhar as mudanças desta minha quente inconstante alma. Mas não preciso me preocupar, nem todas as garotas-do-tempo, institutos e pesquisadores conseguiriam prever o clima de tudo o que se passa aqui dentro. Meu coração é daqueles imprevisíveis que agem sempre da mesma maneira. Mesmo assim é um conforto, ver tanto frio lá fora e tanta coisa quente e viva aqui dentro. Para o frio da pele um cobertor. Para o frio da alma, um abraço. Pena que as pessoas não são como o cobertor. Tem gente que não se toca nem sacudindo a poeira, lavando para tirar o cheiro velho de naftalina (usada para afastar velhas paixões), deixando de molho no melhor dos amaciantes, e colocando para pegar sol. Tem gente que nasceu para aquecer, tem gente que nasceu para abraçar. Faz frio, lá fora, mas não aqui dentro. Porque muda o clima e a vida acorda, mas eu sempre volto a sonhar.

"A gente sabe que ama alguém de verdade quando é capaz de passar a noite inteira apenas olhando esta pessoa dormir"
(Dawson's Creek)

6 dos desabafos - DESABAFE!:

  1. Ai ai... fiz uma retrospectiva aqui... voltei há quase 2 anos... mais propriamente, junho/julho de 2006... quase o mesmo clima... mas pra mim, era tão mais quentinho, Ru! Eu tinha o cobertor e o abraço... hehehehehe

    "A gente sabe que ama alguém de verdade quando é capaz de passar a noite inteira apenas olhando esta pessoa dormir"
    Lindo isso! Outra retrospectiva... já fiz exatamente isso. A noite toda, so olhando. E, como diz uma musica do Nando Reis com Cassia Eller: "eu trocaria a eternidade por essa noite". Por aquela, por todas aquelas noites...
    Bjs Amigo! Como sempre, Ahazooooo!

    ResponderExcluir
  2. Lendo este texto... me lembrei de uma certa noite e um Lindo par de Olhos Azuis acordados me fitando... algo simplesmente inesquecivel... Adorooo seus textos meu Amigo... BJos

    ResponderExcluir
  3. Sem palavras, RU! Sensibilidade 1000%. Muito lindo mesmo seu texto. É realmente uma pena algumas pessoas só poderem aquecer, como os "frios" cobertores.
    beijão

    ResponderExcluir
  4. Caramba... Descobri seu blog através de uma comunidade no orkut...

    Muito bons os seus textos,esse foi o q eu meu identifiquei mais...

    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  5. esse filme é lindo demais! bom texto.

    ResponderExcluir

Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *