Tecle CTRL + D para adicionar aos Favoritos | Desabafos - Crônicas |. Revista  |. Frases - Tumblr  |. Você no blog |. Receba as crônicas por e-mail |. Sobre o blog e o autor | Fale conosco
Carregando...

Tagline vazia


Compartilhe no Orkut Share on Tumblr Compartilhe no Pinterest

Momentos vazios nos preenchem de nós mesmos

Recorte do cartaz de Palavras de amor (2005): palavras podem nos definir

Um dia estava muito triste e cheguei ao cinema. Era 2006. Vi o cartaz de um filme de terror ao qual eu jamais veria (apenas filmes de amor me levam ao cinema) CryWolf - viagem ao inferno. No cartaz do filme estava escrita uma frase que mexeu muito comigo: "como ser encontrado se ninguém nota que você está perdido?". Aquela tagline me resumiu e eu chorei ali mesmo, em plena fila do cinema e sem cerimônia. Sou assim, um homem, um menino, intenso, sincero, entregue, sensível, melancólico e exagerado! Fui para uma livraria e comprei um livro, Você é especial, para me sentir mais confortável em minha própria pele. Porque é assim, tem dias que a gente não se encaixa, não se ajeita em si, sobra ou falta algo e você não se reconhece, não se suporta.

Engraçado como nesses dias o cinema pode nos ajudar a se entender. Porque são nesses momentos, em que ficamos sós, que somos obrigados a lidar com o nosso maior medo, entrar em contato conosco mesmo! E poucos são capazes de enfrentar tal missão. Nos filmes também encontrei uma outra frase sobre a dor de não se encaixar, a dor de viver. É um diálogo do filme A casa do fim do mundo:

- Você é capaz de qualquer coisa!
- Existe uma coisa de que eu não sou capaz?
- Do quê?
- Ficar sozinho.

Acho que é isso, também não sou capaz de ficar sozinho, não mesmo! Me alimento de gente, de ouvir, de pensar, de abraçar, de tocar. Pessoas me nutrem e a falta delas me esvazia. Hoje, estou assim: um vazio, um ator sem personagem, uma música sem letra, um jornalista sem pauta, um amor sem par. Vazio e em busca da frase sintética e perfeita, da tagline hollywoodiana que resuma a minha vida ou pelo menos dê mais sentido à minha existência. Se eu puder escolher fico com uma frase de Dawson's Creek: "a história sobre uma garota que desejava mais do que tinha e que teve que crescer, para perceber que já tinha tudo o que desejava". Amém!

Obrigado a todo vazio infinito que nos põe em contato com tudo aquilo que nos falta (ou sobra).


Sobre o autor
Ruleandson%20do%20Carmo Ruleandson do Carmo , autor de todas as crônicas deste blog , é jornalista, doutorando em Ciência da Informação (UFMG) e ama falar de amor. Saiba mais
Facebook Twitter Orkut Google Plus Gmail
Desabafos - Comente
4 Desabafos - Comente

4 comentários :

  1. Olha que lindo isto do Oswaldo Montenegro: "Há uma solidão nas multidões do verão.
    Como se fosse a última chance de ser feliz.
    O bar tá lotado e a moça, cansada e torrada de sol, espera a paixão que não vai justamente naquele bar naquela noite."
    Obrigada por compartilhar tua sobra e tua falta de solidão conosco. Abraço. Maristela

    ResponderExcluir
  2. Maristela,
    Lindo mesmo e obrigado a você por ler minha "solidão". Abraço.

    ResponderExcluir

Emoticons desabafos Digite os caracteres ao lado das imagens e adicione emoticons ao seu desabafo!
Formatação desabafos Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Blog Widget by LinkWithin