Pesquisar este blog

Carregando...

11 dezembro 2007

Marcadores: ,

O que eu te queria

Compartilhar

Que digitadas as palavras digam o que o coração, em voz, não sabe

Cena de Amor ou amizade (2000): amizades livram do abismo

Algumas coisas que eu queria para uma amiga. Queria que o mundo, fosse mais que um abrigo, fosse um lar. Queria que seus passos não errassem os caminhos, e que os caminhos trilhassem ao sucesso. Queria que o amor só lhe trouxesse príncipes encantados, ou que, pelo menos, o encanto deles durasse até você beijar o próximo sapo. Queria que você desejasse sempre mais do que já possui, mas que crescesse para perceber que já tem tudo o que pediu. Queria que a chuva só caísse do lado da calçada em que você não está, mas que se ela te molhasse fosse para lavar a alma inteira. Queria que quando estiver de saco cheio, acorde logo e o dia seja feriado, para descansar e voltar a ser quem é. Queria que o trabalho não gerasse cansaço, fosse seu espaço para mostrar a qual talento veio ao mundo. Queria que a sabedoria não te fizesse cega e que tivesse sempre dúvidas, para que nada fosse definitivo. Queria que os anos não lhe trouxessem rugas, mas marcas do quanto foi feliz. Queria que hoje sua dor não existisse, que as lágrimas não corressem, e que meu esforço em te proteger do mundo dessa vez não fosse em vão. E para encerrar, queria que a vida não te desse tudo que eu peço, apenas o que você, de fato, precisa para aprender a ser uma gurreira e não mais uma. Seguir em frente e ter fé, é tudo que eu te queria.

4 dos desabafos - DESABAFE!:

  1. nossa, ru, sempre leio o q vc escreve aqui. li todos msm. acho tudo mto sincero, é tudo o q eu preciso ler de vez em quando pra saber q eu n sou o único no mundo que realmente é capaz de sentir alguma coisa.

    depois dá uma lida no meu tb.

    té mais.

    ResponderExcluir
  2. Cheguei aqui por acaso e adorei seu blog. Por isso resolvi oferecer o selinho "Na Mira" pra você. Parabéns por tão belas palavras.
    Beijo! :)

    http://viliouvi.blogspot.com/2007/12/meme-na-mira.html

    ResponderExcluir
  3. Que lindo amigo! Você sempre tem as palavras certas nos momentos certos...Você é um poeta da modernidade...Soluções práticas e rápidas para os problemas de sempre. Quero para você tudo isso que deseja a todos que lêem esses seus textos maravilhosos...Ru, você é o máximo.

    ResponderExcluir
  4. Otavio,
    Também sempre leio o seu blog e é bom mesmo não se sentir só nesse sentimentalismo e sensibilidade. Abraço.

    --
    Nina Victor,
    Obrigado, pelo selo. Beijos.

    --
    Juliana Mara...vilhosa!!!,
    Obrigado, amiga e amém!

    ResponderExcluir

Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *