Pesquisar este blog

17 dezembro 2007

Marcadores: ,

As certezas que a vida desfaz

Compartilhar
Ele amava ela. Ele amou ele. Eles não sabiam amar

Recorte do cartaz de "Três formas de amar" (1994): as possibilidades do amor


Um resumo apaixonado de uma sobrevida amorosa.



Eles se conheceram. Ela precisava de um amigo. Ele procurava um amor. Ela encontrou um irmão. Ele descobriu o amor da vida dele. Ela achou o que precisava. Ele foi um pouco além. Ela o amava para sempre. Ele achava que nunca mais iria amar outra mulher. Um homem fez ele ter certeza disso!



Eles se conheceram. Ele agora precisava se descobrir. Ele outro precisava se reinventar. Ele agora descobriu que queria amá-lo sempre. Ele outro nunca mais queria amar ninguém. Ele agora tentou se aproximar. Ele outro insistia em fugir. Ele agora perdeu ela, e não ganhou ele. Ele outro se deixou perder.


Eles se perderam. Ela se foi para longe. Ele agora ficou sem rumo. Ele outro não mais se soube falar. Ele agora, me ando por aí, em busca das certezas que a vida desfaz.

3 dos desabafos - DESABAFE!:

  1. Nossa toper, muuuiiittto poético. Seria mais lindo se naum fosse trist.

    ResponderExcluir
  2. tá igual aquela música do Chico Buarque... Flor da Idade, sabe?
    :-)

    ResponderExcluir
  3. Fernanda,
    Triste mesmo, torper, não só ler como viver isso...

    --
    Maggie Mae,
    Ainda não conheço essa, mas vou ouvir!

    ResponderExcluir

Obrigado, pela visita. Aproveite e DESABAFE você também!

"deixa, deixa, deixa eu dizer o que penso dessa vida, preciso demais desabafar"
(Ronaldo Monteiro/ Ivan Lins)

As opiniões e vontades expressas nos comentários não representam a opinião do autor deste blog.

Assine nosso feed!


Comentários não relacionados aos posts e/ou só para deixar links serão excluídos e o comentarista denunciado ao Blogger como spammer.

Fale com o blog

Envie o seu email para o blog.

Nome E-mail * Mensagem *